Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da expressão de TBX2 na formação de esferóides em culturas de células de melanoma humano

Processo: 18/10071-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Glaucia Maria Machado Santelli
Beneficiário:Ingrid Layane Paula da Costa
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/17177-6 - Abordagem integrada na prospecção sustentável de produtos naturais marinhos: da diversidade a substâncias anticâncer, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Biologia celular   Neoplasias   Melanoma   Microambiente tumoral   Células tumorais   Movimento celular   Esferoides celulares   In vivo

Resumo

A cultura de células tumorais em monocamada tem sido amplamente utilizada em pesquisa, tanto no estudo de processos de biologia celular como na avaliação do mecanismo de ação de compostos com potencial antitumoral. Estas culturas não representam de modo fidedigno a situação encontrada nos tumores in vivo, e assim, em geral não válidas como testes pré-clínicos com novos compostos com potencial terapêutico. Os modelos celulares trimensionais (3D) são mais próximos dos tumores in vivo apresentando a interação célula-célula e a organização celular espacial mais complexa, mimetizando o microambiente tumoral. A família de genes T-box é constituída por proteínas que estão envolvidas tanto no controle de processos fundamentais durante o desenvolvimento, como também, estão associadas à oncogênese. Em especial TBX2 e TBX3, têm sido associadas ao controle da proliferação e senescência celulares, sendo superexpressas em muitos tumores. Deste modo, foram propostas como alvos no estudo de novos compostos com potencial anticâncer. Consideramos importante caracterizar a formação e comportamento de esferoides por células de melanoma em que a expressão de TBX2 é modulada pela transfecção com ShTBX2. Estas estruturas serão caracterizadas quanto a sua morfologia, desenvolvimento e capacidade de migração.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)