Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da possível contaminação do café de cápsula preparado em máquinas de alta pressão por alumínio por meio das espectrometrias de emissão atômica e de massas inorgânica

Processo: 18/05335-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Marco Aurelio Zezzi Arruda
Beneficiário:Isabelle Pereira Iscuissati
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/02848-3 - Estudo da bioacessibilidade in vitro do alumínio em café preparado em máquinas de alta pressão, BE.EP.IC
Assunto(s):Métodos bioanalíticos   Métodos analíticos de preparação de amostras   Máquinas elétricas   Extração   Alumínio   Contaminação   Cápsulas   Café

Resumo

A princípio, não há evidência de que o consumo moderado de café - ingestão de 3 a 5 xícaras diárias - por indivíduos saudáveis, seja prejudicial. Entretanto, mediante ao sistema de preparo deste tipo de café, sob condições de alta pressão no interior da máquina, surge a possibilidade de ocorrer a extração de alumínio do invólucro da cápsula para a bebida consumida. Logo, esse projeto visa a determinação quantitativa de Alumínio presente em café de cápsula e daquele preparado para beber, por meio da técnica de ICP-OES (Inductively Coupled Plasma Optical Emission Spectrometry) e ICP-MS (Inductively Coupled Plasma Mass Spectrometry), bem como a avaliação dos parâmetros voltados à otimização das condições de preparo das amostras. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.