Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação sobre a reversibilidade da formação de complexos eletrostáticos em sistemas contendo polímeros e surfactantes

Processo: 18/09099-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Watson Loh
Beneficiário:Marcos Vinícius Aquino Queirós
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/25406-5 - Organizando a matéria: colóides formados por associação de surfactantes, polímeros e nanopartículas, AP.TEM
Assunto(s):Polímeros   Surfactantes   Espalhamento de raios X a baixos ângulos   Coloides

Resumo

A complexação de polieletrólitos com espécies de carga oposta em solução tem sido o objeto de diversas pesquisas no que diz respeito a aspectos fundamentais e aplicações tecnológicas. Essas estruturas se separam do meio aquoso quando atingem eletroneutralidade de carga podendo existir em dois tipos de fases: os coacervados, caracterizados por serem um concentrado, aparentando um líquido viscoso e os precipitados, os quais se apresentam como um sólido fino. Os componentes envolvidos na complexação são coloides que vão desde homopolímeros passando por copolímeros em bloco, polissacarídeos, proteínas, surfactantes e nanopartículas inorgânicas. Sua estabilidade coloidal pode depender de vários fatores, tais como força iônica, densidade de carga dos componentes, tamanho das cadeias poliméricas, pH, etc. Além disso, os agregados formados podem se encontrar fora do equilíbrio termodinâmico, o que implica que diferentes metodologias de preparo resultam em propriedades coloidais distintas, ainda que se trate do mesmo complexo. Tal comportamento ainda é pouco compreendido e a falta de estudos sobre a redispersão desses complexos induzidas pela presença de um de seus próprios componentes servem de motivação ao desenvolvimento deste projeto. Com base nisso, pretende-se preparar complexos binários formados pela associação de polieletrólitos e surfactante ou outro polieletrólito de carga oposta preparados por dois métodos diferentes. Tanto homopolímeros quanto copolímeros em bloco (iônico-neutro) serão utilizados a fim de acompanhar as diferenças na estabilidade coloidal dos complexos. As principais técnicas de caracterização dos coloides serão medidas de espalhamento de luz, titulação calorimétrica isotérmica e de espalhamento de raios-X em baixos ângulos.