Busca avançada
Ano de início
Entree

Vinhaça na fertirrigação: avaliação da contaminação do solo e da água subterrânea

Processo: 18/15739-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Nelson Ramos Stradiotto
Beneficiário:Josiel José da Silva
Supervisor no Exterior: Mira Petrovic
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa: Institut Català de Recerca de l'Aigua (ICRA), Espanha  
Vinculado à bolsa:16/06352-4 - Antibióticos na produção de etanol combustível: análise, dispersão no meio ambiente e efeitos na biodigestão da vinhaça, BP.DR
Assunto(s):Solos   Vinhaça   Águas subterrâneas   Fertirrigação   Antibióticos   Cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas

Resumo

Resíduos orgânicos da agroindústria têm sido utilizados a muito tempo como aditivos/fertilizantes para solo, como por exemplo esterco e vinhaça. A vinhaça é um resíduo líquido oriundo da destilação no processo de produção de etanol combustível e é amplamente utilizado na fertirrigação das plantações de cana-de-açúcar. Sua composição inclui água, minerais e matéria orgânica, sendo assim uma fonte de nutrientes e água para o solo. Por outro lado, seu uso como fertilizante pode levar a contaminação do solo, rios e águas subterrâneas com substâncias indesejáveis. Entre estas substâncias, os antibióticos são o grupo de maior risco e preocupação. Assim, é necessário avaliar os potenciais riscos de contaminação do meio ambiente associados com a fertirrigação com vinhaça para melhor entender os riscos inerentes a esta prática na agricultura. Neste projeto é proposta a determinação de antibióticos (penicilina G, monensina A, salinomicina, virginiamicina S1 e M1 e tetraciclina) em solo e água subterrânea em áreas fertirrigadas com vinhaça e comparar o uso da vinhaça e de esterco como fertilizantes, em termos de potencial de contaminação. Além disso, é proposto também a realização de estudos de screening para identificar outros contaminantes orgânicos presentes na vinhaça, solo, água subterrânea e para caracterizar a matéria orgânica dissolvida na vinhaça com o intuito de verificar se a vinhaça é fonte de outros contaminantes para os compartimentos ambientais citados. A técnica cromatografia líquida de ultra alta eficiência (UHPLC) acoplada a espectrometria de massas de baixa e alta resolução serão utilizadas para os estudos de quantificação e screening, respectivamente.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, JOSIEL JOSE; DA SILVA, BIANCA FERREIRA; STRADIOTTO, NELSON RAMOS; PETROVIC, MIRA; GROS, MERITXELL; GAGO-FERRERO, PABLO. Identification of organic contaminants in vinasse and in soil and groundwater from fertigated sugarcane crop areas using target and suspect screening strategies. Science of The Total Environment, v. 761, MAR 20 2021. Citações Web of Science: 0.
DA SILVA, JOSIEL JOSE; DA SILVA, BIANCA FERREIRA; STRADIOTTO, NELSON RAMOS; PETROVIC, MIRA; GAGO-FERRERO, PABLO; GROS, MERITXELL. Pressurized Liquid Extraction (PLE) and QuEChERS evaluation for the analysis of antibiotics in agricultural soils. METHODSX, v. 7, 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.