Busca avançada
Ano de início
Entree

O uso do Geossistema no Brasil como subsídio ao ordenamento territorial

Processo: 18/13383-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 31 de agosto de 2018
Vigência (Término): 29 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Regional
Pesquisador responsável:Messias Modesto dos Passos
Beneficiário:Carlos Eduardo das Neves
Supervisor no Exterior: Lucio Jose Sobral da Cunha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Coimbra (UC), Portugal  
Vinculado à bolsa:15/06558-9 - Caminhos e descaminhos da aplicação do conceito de geossistema: análise da produção brasileira e as influências de Georges Bertrand, BP.DR
Assunto(s):Epistemologia   Paisagem

Resumo

O projeto de estágio ora proposto busca compreender a relação ocorrida entre o conceito de geossistema e o de ordenamento territorial nas pesquisas analisadas em 56 Programas de Pós-Graduação em Geografia no Brasil, entre 1971-2015. Tal pesquisa vem auxiliar o desenvolvimento da parte 3 e 4 do projeto geral (capítulos finais), bem como um outro pilar que sustentará a reflexão teórica e prática do uso do conceito de geossistema no Brasil. Esta discussão ocorre em torno da finalidade do conceito: para que serve o geossistema, na prática, no Brasil? Como ele se coloca enquanto conceito-ferramenta ao entendimento e à melhoria de paisagens e ambientes amplamente degradados pelas práticas territoriais? Assim, o estudo centra-se na reflexão de que o geossistema deve ser enxergado não somente na pesquisa acadêmica, mas enquanto uma ferramenta de grande potencial para as políticas públicas voltadas ao reconhecimento e respeito às potencialidades locais e regionais. Assim, a partir do estágio junto ao CEGOT (Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território), busca-se construir uma expertise teórico-metodológica que traga resultados à análise do projeto geral, somando-se ao aprofundamento no uso do geossistema junto ao ordenamento - paisagístico e ambiental - dos territórios.