Busca avançada
Ano de início
Entree

"single-cell sequencing" para estudo de modificações epigenéticas em indivíduos com histórico de abuso infantil que cometeram suicídio

Processo: 18/11963-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 20 de outubro de 2018
Vigência (Término): 19 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Beny Lafer
Beneficiário:Camila Nascimento Mantelli
Supervisor no Exterior: Gustavo Turecki
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : McGill University, Canadá  
Vinculado à bolsa:17/07089-8 - Investigação da proteína TDP-43 como neuromarcador do transtorno bipolar, BP.PD
Assunto(s):Suicídio   Epigenômica   Transcriptoma   Metilação de DNA

Resumo

Crianças em nossa sociedade são frequentemente sujeitas a violência física, privação emocional e comportamentos sexuais inapropriados. Essas experiências de vida negativas estão entre os maiores preditores de transtornos psiquiátricos, e comportamentos agressivos e violentos, com fortes efeitos à longo prazo, incluindo suicídio na idade adulta. Estudos recentes têm sugerido que adversidades ocorridas na infância podem influenciar o desenvolvimento de certos traços de personalidade e desfechos negativos para saúde mental através da modificação da estrutura química do DNA. Esses efeitos na modificação do DNA, conhecidos como epigenéticos foram inicialmente verificados em estudos animais e, pesquisas subsequentes sugerem que eles também ocorrerem em humanos. O presente estudo utilizará uma combinação de técnicas "high throughput", incluindo "single-cell sequencing", seguido de análise do epigenoma, com o objetivo de identificar modificações epigenéticas associadas a adversidades ambientais ocorridas no início da vida.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.