Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do estresse oxidativo e da qualidade óssea do colo do fêmur de ratas submetidas ao treinamento de força no período de periestropausa

Processo: 18/09015-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Rita Cássia Menegati Dornelles
Beneficiário:Ludimila de Araújo Pinheiro
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Metabolismo ósseo   Estresse oxidativo   Fisiologia endócrina   Treinamento de força   Osteoporose

Resumo

Introdução:O envelhecimento no organismo feminino é marcado pela menor concentração plasmática de estrógeno, fator de risco amplamente reconhecido para osteoporose. Outro fator que está envolvido nas alterações hormonais ocorridas na menopausa e na fisiopatologia da osteoporose primária I é o estresse oxidativo. Proposta terapêutica que contribui para melhora do perfil oxidativo e qualidade óssea é o treinamento de força (TF). Objetivo: Analisar a atuação do TF na qualidade óssea na região do colo de fêmur de ratas no período de periestropausa e a possível correlação com marcadores do estresse oxidativo, diminuindo os riscos de osteopenia e osteoporose primária. Material e método: Serão utilizadas 20 ratas da linhagem Wistar com idade inicial de 18 meses que serão distribuídas nos seguintes grupos: 1 - Controle (C) e 2 - Treinamento de Força (TF) com 10 animais cada. Durante 120 dias os animais do grupo 2 realizarão TF três vezes por semana. Após período de tratamento serão realizadas análises de marcadores de remodelação óssea no soro, marcadores de estresse oxidativo no plasma e análise de densitometria, microtomografia óssea, ensaio mecânico e dosagem de cálcio e fósforo no fêmur destes animais para verificar os efeitos do TF.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.