Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da exposição materna ao nitrato durante a gestação sobre a atividade do eixo hipotálamo-hipófise-tireoide materno e da prole durante vida adulta

Processo: 18/14777-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Caroline Serrano Do Nascimento
Beneficiário:Bianca Yukimi Uehara
Instituição-sede: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE). Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/18517-8 - Disruptores endócrinos vs. tireoide: uma abordagem epigenética sobre o desenvolvimento, diferenciação e função de tireócitos e suas repercussões no organismo, AP.JP
Assunto(s):Fisiologia endócrina   Epigênese genética   Expressão gênica   Sistema hipotálamo-hipofisário   Mecanismos moleculares   Gravidez   Exposição materna   Nitratos   Modelos animais de doenças

Resumo

O nitrato é um conhecido inibidor da captação de iodeto pelo co-transportador sódio-iodeto (NIS) e, portanto, interfere com a biossíntese de hormônios tireoidianos. É importante destacar que os níveis de nitrato na água e alimentos aumentaram significativamente nas últimas duas décadas pelo uso exacerbado de fertilizantes nitrogenados nas atividades agrícolas. De fato, alguns estudos associaram o consumo elevado de nitrato com o aumento no risco de desenvolvimento de cânceres e problemas reprodutivos. Contudo, poucos trabalhos investigaram o impacto desta exposição sobre a função tireoidiana, principalmente em períodos críticos do desenvolvimento. Embora a inibição da atividade de NIS pelo nitrato seja menos potente do que aquela observada pelo tratamento com perclorato, os níveis de nitrato no soro de seres humanos são muito maiores, o que potencializa seus efeitos nocivos no organismo. Adicionalmente, estudos demonstraram que este composto age sinergicamente tanto com o perclorato, quanto com o tiocianato, potencializando seus efeitos inibitórios sobre a atividade de NIS. Interessantemente, a placenta também expressa NIS, e desta maneira o nitrato pode ser transportado e atingir o compartimento fetal, interferindo diretamente com a função tireoidiana do feto em desenvolvimento. Sendo assim, as consequências da exposição materna e fetal a ânion devem ser melhor elucidadas. Dada a importância da função tireoidiana materna para o adequado desenvolvimento embrionário e do papel crucial do ambiente intrauterino para a programação de doenças na vida adulta, o principal objetivo do presente estudo será investigar as consequências e os mecanismos moleculares desencadeados pela exposição materna ao nitrato, durante a gestação, sobre a função tireoidiana materna e sobre a função do eixo hipotálamo-hipófise-tireoide (HHT) da sua prole durante a vida adulta. Para tanto, ratas prenhes serão ou não (grupo controle) tratadas solução de nitrato de sódio (20 ou 50 mg de nitrato de sódio/L) durante a gestação. Após o nascimento dos filhotes, as ratas lactantes serão mantidas com ração padrão e água ad libitum. Ao final da lactação, os filhotes serão separados das mães e continuarão recebendo ração padrão e água ad libitum até atingirem a idade adulta. O hipotálamo, hipófise e tireoide das mães (ao final da lactação) e de seus filhotes (PND90) serão utilizados em ensaios de análise da expressão de genes e de proteínas envolvidos com a atividade do eixo HHT. Caso alterações significativas sejam observadas, estudos adicionais serão realizados para avaliar se a exposição materna ao nitrato programa a expressão gênica da tireoide da prole através de mecanismos epigenéticos, principalmente pela avaliação da metilação global do DNA e pela investigação de alterações pós-traducionais de histonas. Os resultados obtidos neste estudo contribuirão para a compreensão das bases moleculares envolvidas nas ações do nitrato em um período crítico do desenvolvimento, assim como adicionarão novos aspectos sobre a potencial ação interferente deste disruptor endócrino na função tireoidiana.