Busca avançada
Ano de início
Entree

Potencial da própolis verde e frações contra a nocicepção induzida por formalina

Processo: 18/00979-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Ricardo Andrade Furtado
Beneficiário:Vanessa de Souza Tótoli
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/04138-8 - Realização de estudos químicos, analíticos, biológicos, farmacológicos e tecnológicos para preenchimento das lacunas no desenvolvimento do setor de própolis brasileiro, AP.TEM
Assunto(s):Fitoquímica   Anti-inflamatórios   Própolis   Nociceptividade   Medição da dor

Resumo

A própolis é uma resina fitobiótica oriunda de várias fontes vegetais que é coletada e processada pelas abelhas. A sua composição sofre variações de acordo com o tecido vegetal da região coletada, estação do ano e até mesmo características genéticas das abelhas. Tendo em vista sua grande importância medicinal, o presente trabalho tem como objetivo avaliar o potencial anti-inflamatório do extrato de própolis verde e das frações em hexano, acetato de etila, metanol e água visando servir como estudo direcionado para a avaliação fitoquímica do extrato de própolis previsto no projeto temático 2017/04138-8. Por conseguinte, o potencial nociceptivo e anti-inflamatório será avaliado através de ensaio de formalina. Assim sendo, este trabalho irá coadjuvar para melhor entendimento e utilização da própolis verde.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.