Busca avançada
Ano de início
Entree

Interações mutualísticas: Análise de uma rede de dispersão de sementes hiper-diversa em um hotspot de biodiversidade

Processo: 18/06634-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 21 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 20 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Laurence Marianne Vincianne Culot
Beneficiário:Lisieux Franco Fuzessy
Supervisor no Exterior: Pedro Jordano
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa : Estación Biológica de Doñana, Espanha  
Vinculado à bolsa:17/07954-0 - A influência de grupos funcionais de primatas no destino de sementes e consequências para a conservação, BP.PD
Assunto(s):Dispersão de sementes   Redes complexas   Animais frugívoros

Resumo

Interações ecológicas alimentam a coevolução entre plantas e animais. Uma diversidade de espécies frugívoras agem como mutualistas e antagonistas para várias espécies de plantas, e simultaneamente com fatores abióticos, restrições filogenéticas e de desenvolvimento, formam um sistema semelhante a uma teia, que pode ser descrito pela abordagem de rede. O papel dos grandes vertebrados, como os primatas, tem sido negligenciado na maioria das redes de dispersão de sementes disponíveis na literatura, embora na natureza distintos grupos de vertebrados frugívoros de uma grande diversidade de taxa interagem entre si. Aqui pretendemos avaliar o papel individual de espécies dentro de uma estrutura de rede mega-diversa no último continuum de Mata Atlântica no sudeste do Brasil. Analisaremos o grau de complementaridade e redundância funcional entre primatas frugívoros e outros mutualistas em termos do serviço prestado como dispersores de sementes. Pela primeira vez usaremos uma abordagem integrativa que considera primatas como uma parte importante de um sistema complexo de interações ecológicas, e não como atores únicos, e assim identificaremos a estrutura da rede, descreveremos as características dos animais e dos frutos, os possíveis efeitos filogenéticos, e finalmente, descreveremos os papéis individuais e possivelmente complementares dos principais grupos de frugívoros do Neotrópico.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZANETTE, E. M.; FUZESSY, L. F.; HACK, R. O. E.; MONTEIRO-FILHO, E. L. A. Potential role in seed dispersal revealed by experimental trials with captive southern muriquis (Brachyteles arachnoides). PRIMATES, v. 61, n. 3 FEB 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.