Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de sensor Wire-Mesh para levantamento de dados de escoamento bifásico líquido-líquido

Processo: 18/08804-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica
Pesquisador responsável:Oscar Mauricio Hernandez Rodriguez
Beneficiário:Arthur Faustino de Araujo Teixeira
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Escoamento bifásico   Instrumentação

Resumo

A presença frequente de escoamentos bifásicos em diversos processos naturais e industriais tem motivado um grande interesse acadêmico nas últimas décadas. O caso particular do escoamento líquido-líquido é geralmente encontrado na indústria de petróleo, podendo apresentar-se em diferentes padrões de escoamento. Há relativamente poucos dados disponíveis sobre os escoamentos líquido-líquido; na indústria de petróleo, por exemplo, o escoamento citado é frequentemente tratado como escoamento monofásico. Entretanto, essa abordagem simplista tem implicações sérias na prática, como a impossibilidade de uma medição da vazão em-linha de óleo com incerteza aceitável por parte dos órgãos reguladores (ANP). Para o estudo dos fenômenos físicos associados ao escoamento bifásico são necessários instrumentos de medição de complexidade variada. Técnicas intrusivas de visualização tomográfica, como o sensor de impedância elétrica de malha de fios (wire-mesh), têm sido propostas recentemente para o estudo detalhado de escoamentos bifásicos. Medições de vazões das fases, de gradientes de pressão dos escoamentos em algumas inclinações e em alguns diâmetros, bem como medições de fração volumétrica in-situ com wire-mesh serão realizadas para levantamento dos parâmetros relacionados ao modelo de mistura em escoamentos bifásicos. Como fluidos de trabalho serão usados óleo mineral e água. O projeto propõe a utilização de aparatos experimentais e instrumentação em estado operacional no Laboratório de Escoamentos Multifásicos Industriais (LEMI) da USP - São Carlos. O LEMI conta com pesquisadores com experiência no uso dessas técnicas experimentais.