Busca avançada
Ano de início
Entree

Armadilha magneto-ótico de moléculas de Rb2 e estudos colisionais

Processo: 18/06835-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Atômica e Molecular
Pesquisador responsável:Luis Gustavo Marcassa
Beneficiário:Manuel Alejandro Lefrán Torres
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/02816-8 - Manipulação de colisões atômicas em armadilhas ópticas, AP.TEM
Assunto(s):Moléculas frias   Moléculas homonucleares

Resumo

Nos últimos anos, nosso laboratório dominou completamente a técnica de armadilha óptica de dipolo. Atualmente, produzimos de forma cotidiana amostras aprisionadas de uma ou duas espécies atômicas utilizando um laser de alta potência em 1.06 µm. Tais amostras possuem em geral 106 átomos aprisionados em densidades de 1012 átomos/cm3 e temperaturas menores que 20 µK. Atualmente, esta amostra aprisionada é o ponto de partida de qualquer experimento moderno em Física Atômica. Seria muito desejado, podermos fazer as mesmas manipulações com moléculas frias. Contudo, o resfriamento e aprisionamento de moléculas é muito complexo. Mas utilizando nossos resultados recentes, acreditamos que seremos capazes de realizar tal proeza. Assim, o objetivo deste projeto é desacelerar um feixe supersônico molecular de Rb2 para aprisionamento em uma armadilha magneto-óptica molecular.