Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da adubação com molibdênio na preferência de forrageamento de mudas de Eucalyptus grandis por Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera, Formicidae)

Processo: 18/11305-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Ricardo Toshio Fujihara
Beneficiário:Thaís Berganton Poletto
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Assunto(s):Comportamento de forrageamento animal   Formigas cortadeiras   Molibdênio   Adubação   Controle de pragas

Resumo

As formigas-cortadeiras compreendem os gêneros Atta (saúvas) e Acromyrmex (quenquéns) e possuem uma relação mutualística com um fungo do gênero Leucoagaricus. São constantemente citadas na literatura por provocarem danos consideráveis em diversas culturas de importância econômica, exigindo o seu manejo. O uso do molibdênio na redução de danos por insetos-praga, incluindo as formigas-cortadeiras, tem sido relatado empírica e informalmente por produtores, mas não existe comprovação científica de sua eficácia. Sendo assim, o objetivo deste trabalho será avaliar se o molibdênio influencia na preferência de forrageamento de Eucalyptus grandis por Atta sexdens rubropilosa. As mudas serão cultivadas em substrato e tratadas com diferentes concentrações de molibdênio, através de aplicações via foliar e via solo. Os bioensaios serão realizados em laboratório, em arena de forrageamento, sendo ofertados às colônias de A. sexdens rubropilosa discos (cortes) de folhas das plantas tratadas com 0,5 cm de diâmetro. O delineamento será inteiramente casualizado e constituído por sete tratamentos (concentrações de molibdênio) e cinco repetições (colônias). Os dados serão submetidos à análise de variância e posterior comparação das médias pelo teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade. Comprovada a influência do molibdênio no forrageamento por formigas-cortadeiras, novos estudos poderão ser realizados, visando a adubação molíbdica como um método alternativo para o controle de formigas-cortadeiras.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.