Busca avançada
Ano de início
Entree

Calcário e gesso em experimento de longa duração em sistema plantio direto: qualidade do solo e recuperação do 15n-fertilizante pelas culturas

Processo: 18/11063-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Carlos Alexandre Costa Crusciol
Beneficiário:João William Bossolani
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/12764-1 - Impacto da aplicação a longo prazo do calcário e do gesso em sistema plantio direto tropical e mudanças no microbioma do solo e ciclo do nitrogênio, BE.EP.DR
Assunto(s):Sistemas de produção   Microbiologia do solo   Gessagem   Calagem

Resumo

O presente projeto de pesquisa é parte de um experimento de longa duração, instalado em 2002/03, na Fazenda Experimental Lageado, pertencente à Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP, em Botucatu (SP). Desde a implantação, nunca foi avaliado a persistência e a distribuição do 15N dentro do sistema solo-milho/forrageira-soja e a atividade e população microbiana em relação ao ciclo do N do solo. Assim, dando continuidade ao experimento, que provavelmente deve ser o único do Estado de São Paulo com mais de 16 anos de avaliação, na presente proposta tem-se por objetivo avaliar o efeito da aplicação superficial de calcário e gesso em longa duração sobre os atributos químicos, físicos e biológicos do solo, qualidade da matéria orgânica, crescimento radicular, nutrição das plantas e produtividade de milho consorciado com Urochloa ruziziensis e soja em sucessão, bem como a eficiência do uso do N-(15NH4)2SO4 no sistema solo-planta. A parte de campo da presente proposta vem sendo conduzida desde outubro de 2016, momento em que foi aplicada pela última vez as doses de calcário e/ou gesso. As semeaduras da soja ocorreram em dezembro de 2016 e novembro de 2017 e na entressafra, foi semeado milho consorciado com Urochloa ruziziensis em abril de 2017 e março de 2018. Esta sequência de cultivos será realizada durante os anos agrícolas 2016/17, 2017/18, 2018/19, 2019/20. O delineamento experimental será em blocos casualizados no esquema de parcelas subdivididas, com 4 repetições. As parcelas são constituídas por quatro níveis de calcário (ausência de aplicação, 3.260, 6.520 e 13.040 kg ha-1) e as subparcelas por dois níveis de gesso agrícola (ausência de aplicação e 10.000 kg ha-1). Serão realizadas as seguintes avaliações: nutrição mineral, produtividade de grãos das culturas, crescimento radicular das culturas, dinâmica do 15N no sistema solo-planta, atributos químicos, físicos e biológicos do solo e fracionamento da matéria orgânica.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOSSOLANI, JOAO WILLIAM; COSTA CRUSCIOL, CARLOS ALEXANDRE; MERLOTI, LUIS FERNANDO; MORETTI, LUIZ GUSTAVO; COSTA, NIDIA RAQUEL; TSAI, SIU MUI; KURAMAE, EIKO EURYA. Long-term lime and gypsum amendment increase nitrogen fixation and decrease nitrification and denitrification gene abundances in the rhizosphere and soil in a tropical no-till intercropping system. Geoderma, v. 375, OCT 1 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.