Busca avançada
Ano de início
Entree

Forrageiras e doses de nitrogênio no estoque de p-orgânico em solo cultivado com milho

Processo: 18/05725-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Juliano Carlos Calonego
Beneficiário:Bárbara Fernanda da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50305-8 - A virtual joint centre to deliver enhanced nitrogen use efficiency via an integrated soil-plant systems approach for the UK & Brazil, AP.TEM
Assunto(s):Zea mays   Fósforo

Resumo

O fósforo (P) é um dos nutrientes que mais limitam a produção agrícola em solos tropicais. No solo ele é encontrado sob formas inorgânicas (Pi) e orgânicas (Po), com diferentes labilidades. Mesmo formas menos lábeis de Pi e Po poderão contribuir para nutrição das plantas, mas para isso precisam ser solubilizadas e mineralizados, respectivamente. Plantas de cobertura contribuem para solubilização de compostos menos lábeis aumentando teor de P lábil no solo, contudo nem sempre a essa solubilização implica em reciclagem e absorção pelas plantas. Sendo levantadas duas principais hipóteses: a) as raízes das plantas de cobertura liberam ácidos orgânicos capazes de complexar P via ponte metálica, reduzindo o movimento do P no solo; b) a plantas de cobertura absorve o P do solo e, após decomposta, o devolve, em sua maior parte, na forma de ácido fítico, o qual a planta não absorve. A adubação nitrogenada pode influir na mineralização de compostos orgânicos do solo, e portando potencializar o Po com fonte de P as plantas. Assim, serão conduzidos dois experimentos, o primeiro com o objetivo de avaliar o efeito das plantas de cobertura (U. ruziziensis, U. brizantha e P. maximum) e das doses de nitrogênio N (70, 140 e 210 kg ha-1) no estoque de Po do solo e sua relação com o acúmulo de P e a produtividade de plantas de milho em duas safras consecutivas; e o segundo objetivando avaliar a mobilidade do P em solo cultivado previamente com plantas de cobertura em casa de vegetação. As variáveis analisadas serão: frações de Pi e Po no solo; teor de ácido fítico no solo e nas plantas de cobertura; e P na parte aérea das plantas de milho. Em casa de vegetação e laboratório, será avaliada onde a mobilidade do fósforo ao logo do tempo em solos de texturas contrastantes cultivados previamente com as três plantas de cobertura, como também nestes solos sem o cultivo prévio destas plantas de cobertura.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Bárbara Fernanda da. Forrageiras e nitrogênio influenciando a dinâmica do fósforo em solo cultivado com milho. 2019. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agronômicas (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.