Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e caracterização de novas fosfatases da via de MAPK/ERK

Processo: 18/10440-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Marcelo Damário Gomes
Beneficiário:Nichelle Antunes Vieira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/20148-0 - Desenvolvimento de novos ligantes/drogas com ação agonística seletiva ("biased agonism") para receptores dos sistemas renina-angiotensina e calicreínas-cininas: novas propriedades e novas aplicações biotecnológicas, AP.TEM
Assunto(s):Proteínas tirosina fosfatases   Monoester fosfórico hidrolases   Enzimas

Resumo

A fosforilação e desfosforilação de proteínas pelas proteínas quinases e fosfatases, respectivamente, são de grande importância para diversos eventos celulares. Dentre os tipos de proteínas quinases e proteínas fosfatases, as proteínas quinases ativadas por mitógenos e as fosfatases de serina, treonina e tirosina reguladoras dessa via, se destacam pela capacidade de regular diferentes respostas celulares, como proliferação, diferenciação e apoptose. Sabe que a regulação do processo de fosforilação é de suma importância para homeostasia celular, sendo o desiquilíbrio entre a taxa de fosforilação e desfosforilação, pode induzir o surgimento de diversas doenças. Tendo isso em vista, torna-se de grande relevância a identificação e caracterização molecular de novas fosfatases na via de MAPK/ERK. Desta forma, este projeto auxiliará na compreensão do papel biológico de 13 novos reguladores da via de MAPKs, que foram previamente identificados por meio de triagem ("screnning") do tipo "high-throughput" para fosfatases utilizando bibliotecas de RNAi. Desta forma, os objetivos gerais deste projeto são: Identificar e caracterizar possíveis novos regulares da via de sinalização MAPK/ERK por meio de técnicas bioquímicas e de biologia molecular. Pretende-se assim, compreender o papel que cada fosfatase desempenha sobre a de MAPK/ERK, contribuindo assim com a identificação de novos biomarcadores que poderão ser usados no futuro como alvos para desenvolvimento de diversos fármacos.