Busca avançada
Ano de início
Entree

Pequenos produtores rurais, gestão, cooperação e os sistemas complexos socioecológicos

Processo: 18/13445-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Celia Regina Tomiko Futemma
Beneficiário:Maria Clara Rodriguez Sosa
Instituição-sede: Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais (NEPAM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/07756-1 - Pequenos Produtores Rurais, Gestão, Cooperação e os Sistemas Complexos Sócio-Ecológicos, AP.R
Assunto(s):Socioecologia   Ecologia humana   Propriedade rural   Desenvolvimento sustentável   Desenvolvimento rural   Produtores rurais   Cobertura vegetal   Uso do solo

Resumo

Os desafios enfrentados pelos pequenos produtores rurais, no Brasil, são vários e complexos. Por um lado, atribuía-se à propriedade rural, predominantemente, a função de produção, e mais recentemente, o agricultor se depara com a pressão da sociedade de cumprir com outras funções ou obrigações legais, tais como a ambiental e a trabalhista. Por outro lado, surgiram novas oportunidades que podem contribuir para que os agricultores compatibilizem melhor essas funções na propriedade rural, entre outras, a oferta de serviços ambientais e/ou turísticos. Entretanto, essas mudanças ou acréscimos de atividades e o cumprimento dessas funções múltiplas - produtivas, econômicas, sociais e ambientais -- não é uma tarefa fácil, ao contrário, é árdua, custosa (tempo e monetária) e, muitas vezes, inviável de realizá-las individualmente pelos agricultores e suas respectivas famílias. A nova realidade do campo exige um novo modelo de gestão da propriedade rural, a qual envolve organização dos produtores e formas de cooperação entre os agentes sociais, ou seja, exigem-se novos arranjos de estrutura institucional que envolvam produtores rurais, governo e até mesmo setor privado e terceiro setor (sociedade civil) na governança rural. O objetivo principal desta pesquisa é analisar e entender essas novas formas de arranjos institucionais voltados para os modelos de gestão das propriedades rurais entre os pequenos produtores rurais dos estados do Pará (região Amazônica) e de São Paulo (região sudeste). Utilizar-se-á o modelo conceitual de Sistemas Complexos Sócio-Ecológicos (SSE) para analisar as propriedades rurais inseridas em uma paisagem regional com múltiplos agentes sociais e diversidade ambiental. Espera-se que os resultados desta pesquisa possam contribuir para uma agenda de desenvolvimento rural sustentável que promovam boas práticas agropecuárias e ambientais de manejo dos recursos naturais nas propriedades rurais e melhoria no bem estar da família rural.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)