Busca avançada
Ano de início
Entree

Presença feminina e representação identitária: um estudo sobre a produção legislativa de mulheres na Câmara dos Deputados do Brasil

Processo: 17/26776-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Comportamento Político
Pesquisador responsável:Maria Do Socorro Sousa Braga
Beneficiário:Leonardo Aires de Castro
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/09931-3 - Qualidade democrática, participação feminina e identidade: impactos na representação política após a ascensão populista, BE.EP.DR
Assunto(s):Representação política   Mulheres   Câmara dos Deputados   Direito civil   Direitos políticos   Direitos sociais

Resumo

Esse projeto tem como objeto o estudo da representação feminina na Câmara dos Deputados de 2003 a 2019. O objetivo é compreender se a produção legislativa das mulheres impacta positivamente o seu grupo representado na sociedade. Isto é, busca-se entender se a produção legislativa das mulheres na Câmara dos Deputados representa uma estrutura de interesses que protege e amplia os direitos dessas na sociedade civil, seja na consolidação dos direitos civis, sociais ou políticos. Partindo da perspectiva do institucionalismo sociológico, em que se valorizam os sistemas simbólicos, esquemas cognitivos e modelos morais para a explicação do comportamento dos atores, defende-se a hipótese de que a representação feminina não é linear, de forma que a sua presença no contexto político não diz respeito exclusivamente aos interesses de mulheres que buscam o ideal do Estado de bem-estar social para sua categoria de cidadania. Assim, interesses e estruturas diversas ligados aos sistemas de valores impactam o jogo político, podendo refletir em ações negativas das deputadas em relação as próprias mulheres que representam. (AU)