Busca avançada
Ano de início
Entree

Distribuição de carga de Green fluorescent proteins (GFP) carregadasem malhas 3D de fibras de PCL por simulação da técnica de mapeamento de carga

Processo: 18/13868-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 16 de setembro de 2018
Vigência (Término): 15 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Luiz Henrique Catalani
Beneficiário:Elayaraja Kolanthai
Supervisor no Exterior: Bradley Olsen
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Massachusetts Institute of Technology (MIT), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:15/19694-8 - Bioatividade de membranas multicamadas carregadas com diversos sinalizadores protéicos para aplicações em engenharia de tecidos, BP.PD
Assunto(s):Eletrofiação   Biopolímeros   Biomateriais   Engenharia tecidual   Polieletrólitos

Resumo

A recente demonstração da produção de reservatórios de fatores de sinalização formados pela auto-montagem de multicamadas de polieletrólitos (LbL; layer-by-layer) abriu novas possibilidades na engenharia de tecidos. Este projeto visa a avaliação da distribuição de carga de proteínas carregadas em reservatórios de LbL, construídas sobre membranaspoliméricas biodegradáveis e bioabsorvíveis.Arcabouços eletrofiados 3D serão revestidospela técnica de LbL através da deposição de pares de polieletrólitos, como sulfato de heparina e quitosana. Green fluorescent proteins (GFP) de ponto isoelétrico distintos serão expressas e incorporadas, enquanto as dinâmicas de sua liberação a partir de construções de LbL serão estudadas. Simultaneamente, a distribuição de carga será estudada bem como dos coacervados formados com os polieletrólitos escolhidos. Este estudo ajudará a entender o papel da carga de superfície na capacidade e difusão de proteína da montagem LbL. Assim, espera-se que arcabouços formados por LbLcarregados com GFP funcionem como reservatórios-modelo para outras proteínas de sinalização, tais como BMP-7, PDGF e VEGF.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.