Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento da liga beta-metaestável TNTM-O e avaliação da sua microestrutura

Processo: 18/09043-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Claudemiro Bolfarini
Beneficiário:Vitor Eduardo Pinotti
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/05987-8 - Processamento e caracterização de ligas metálicas amorfas, metaestáveis e nano-estruturadas, AP.TEM
Assunto(s):Biomateriais   Ligas metálicas   Propriedades mecânicas   Tratamento térmico   Oxigênio

Resumo

O presente projeto de Iniciação Científica (IC) se insere no escopo de pesquisas cujas temáticas versam sobre o desenvolvimento e caracterização de ligas metálicas destinadas à aplicação biomédica. Tem como objetivo principal investigar a elaboração e processamento da liga beta-metaestável TNTM-O, a qual possui transição martensítica, bem como a avaliação sistemática da sua microestrutura com os tratamentos térmicos de envelhecimento, que será comparada posteriormente com a mesma liga produzida sem adição de oxigênio. A preparação desta liga será de grande importância para os projetos do grupo de pesquisa, uma vez que, por ser uma liga nova, a sua aquisição é extremamente difícil. Ela será produzida a partir de fundição e misturas de barras de TNTM e Rutilo (TiO2), usando-se um forno à arco. Após análise química, a sequência de tratamentos térmicos será empregada com o intuito de obter-se diferentes microestruturas e determinar-se o módulo elástico. Os resultados desse projeto devem embasar pesquisas futuras para determinação de propriedades mecânicas para composições que apresentem valores baixos de módulo elástico. Portanto, serão geradas diversas condições de tratamento térmico com as diferentes microestruturas a serem confrontadas entre si e também com resultados da liga na ausência de oxigênio, os quais têm sido estudados por outros pesquisadores do grupo.