Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem de florestas energéticas: estratégias de manejo para mitigar o impacto da variabilidade e mudança climática no crescimento e produtividade florestal

Processo: 18/06023-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Durval Dourado Neto
Beneficiário:Felipe Schwerz
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Mudança climática

Resumo

A busca por fontes alternativas de energia tem se mostrado uma demanda global. Motivado pela preocupação com as mudanças climáticas e pelo esgotamento dos recursos naturais, o mercado mundial tem despertado interesse no estudo e adoção de fontes alternativas renováveis de energia. Uma das alternativas possíveis é o uso da biomassa florestal. Neste contexto, surge a necessidade da realização de estudos que busquem avaliar o crescimento e produtividade de diferentes espécies florestais, em condições climáticas atuais e futuras. Desse modo, os objetivos deste projeto são: (i) avaliar o crescimento, produtividade e estocagem de carbono de quatro espécies florestais crescidas em quatro espaçamentos de plantio; (ii) analisar a influência das variáveis meteorológicas no crescimento e produtividade; (iii) determinar a relação hipsométrica por meio de diferentes modelos hipsométricos e seu ensemble; (iv) adaptar, calibrar e avaliar o modelo 3PG para a estimação da produtividade; (v) avaliar a sensibilidade do modelo as variáveis meteorológicas; (vi) avaliar o efeito das mudanças climáticas na produtividade florestal; e (vii) propor ações de manejo para as espécies estudadas, de modo a mitigar o possível impacto da variabilidade e mudança climática no crescimento e produtividade florestal. Para tanto, serão utilizados dados destrutivos e não-destrutivos de crescimento e produtividade de quatro espécies florestais (Eucalyptus grandis, Acacia mearnsii, Mimosa scabrella e Ateleia glazioviana) crescidas em quatro espaçamento de plantas (2x1, 2x1,5, 3x1 e 3x1,5 m2) durante o período de 2008-2017. Com base nos resultados obtidos, almeja-se propor estratégias de manejo para as espécies estudadas, de modo a mitigar o possível impacto da variabilidade e mudança climática no crescimento e produtividade florestal, visando atender a demanda por biomassa florestal.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SCHWERZ, FELIPE; ELOY, ELDER; ELLI, ELVIS FELIPE; CARON, BRAULIO OTOMAR. Reduced planting spacing increase radiation use efficiency and biomass for energy in black wattle plantations: Towards sustainable production systems. BIOMASS & BIOENERGY, v. 120, p. 229-239, JAN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.