Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo de métodos para avaliação da profundidade de cura de compósitos restauradores

Processo: 18/11976-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Marcelo Giannini
Beneficiário:Beatriz de Cássia Romano
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Restauração dentária   Resinas compostas   Polimerização   Técnicas de fotoativação   Estudo comparativo

Resumo

O objetivo deste estudo será comparar dois métodos para avaliação da profundidade de cura (PC) de compósitos restauradores e se a extensão do tempo de fotoativação aumenta a PC das resinas compostas. Serão testados dois compósitos do tipo "bulk-fill" (Tetric Evoceram Bulk Fill, Ivoclar Vivadent e Filtek One Bulk Fill, 3M ESPE) e dois compósitos convencionais (Tetric N-Ceram, Ivoclar Vivadent e Filtek Z350 XT, 3M ESPE). Os dois métodos que serão comparados: 1- teste ISO 4049 e 2- dissolução com solvente orgânico. Amostras cilíndricas serão confeccionadas a partir da fotoativação dos compósitos (de acordo com a recomendação do fabricante e o dobro do tempo), que estarão inseridos em matrizes de dimensões de 5 mm de diâmetro interno e 13 mm de altura. Serão obtidas 160 amostras, sendo 40 para cada compósito (n=10), as quais analisadas pelos dois métodos. No método de teste ISO 4049, a resina não fotoativada será removida manualmente com espátula plástica e o comprimento das amostras mensurado com paquímetro digital para o cálculo da PC. No outro método, a resina não polimerizada também será removida e as amostras depositadas em solvente orgânico (acetona) por 48 horas para posterior mensuração da PC no remanescente da amostra. A análise dos dados de PC será realizada pela ANOVA (três fatores: tipo de compósito, tempo de fotoativação e tipo de método) e teste de Tukey (alfa=0,05).