Busca avançada
Ano de início
Entree

Digestibilidade in situ de FDN e amido em silagens de milho produzidas com diferentes tamanhos de partículas

Processo: 18/15489-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Luiz Gustavo Nussio
Beneficiário:Larissa Maniero Nazato
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/06819-4 - Valor nutritivo e qualidade higiênico-sanitária de plantas e grãos de milho sob efeito de estratégias de ensilagem, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):19/01708-3 - Efeitos da infiltração de ar e uso de aditivos nas características de fermentação e de perda de matéria seca na silagem de trevo vermelho contaminado com clostridia, BE.EP.IC
Assunto(s):Zootecnia

Resumo

A silagem apresenta, nos dias atuais, uma alternativa de alimentação animal para uma produção mais segura, já que pode ser empregada em momentos de escassez de outras fontes de volumoso, e como mesmo uma opção para o manejo de verão. A silagem de milho planta inteira (considerado espécie padrão), é nutricionalmente um alimento volumoso completo com alta densidade energética e com teores moderados de proteína bruta. Outro ponto importante de se utilizar a gramínea em questão, é que ela apresenta características desejáveis para a ensilagem, como teor de matéria seca, carboidratos solúveis e poder tampão adequados para uma boa fermentação. Assim, para garantir uma boa qualidade dessa técnica de conservação, é importante o estudo concatenado à métodos relacionados à melhora da digestibilidade da fibra e do amido presentes na silagem de milho. Para isso, é importante avaliar a interação entre o ponto de colheita da cultura, o processamento de grãos e tamanho de partículas da silagem de milho de planta, além da variedade e genótipo de milho já que esta é a responsável por caracterizar textura do grão. Além desses pontos, para se avaliar de modo concreto a digestibilidade dos principais nutrientes de uma dieta em ruminantes temos como técnica mais viável o uso da digestibilidade in situ de FDN e amido, já que esta possui a vantagem de ser processada em condições reais presentes no rúmen, possibilitando a avaliação de quanto o animal conseguiu aproveitar do alimento e consequentemente buscar melhorar a forma de produção deste visando o lucro e benefício para o animal. Assim, o objetivo desse projeto é trabalhar o processo de produção de silagens de milho planta inteira, com foco em avaliar as silagens produzidas à partir de endospermas com texturas distintas, colhidos em diferentes estádios fenológicos e processados mecanicamente sob gradiente de tamanho de partículas e, portanto, o impacto que essas diferenças possam causar na digestibilidade.