Busca avançada
Ano de início
Entree

Projeto e implementação de uma arquitetura de referência para aplicações de visualização de dados de saúde georreferenciados

Processo: 18/16467-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Convênio/Acordo: MCTI/MC
Pesquisador responsável:Fabio Kon
Beneficiário:Yurick Yussuke Honda
Instituição-sede: Instituto de Matemática e Estatística (IME). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/24485-9 - Internet do futuro aplicada a cidades inteligentes, AP.TEM
Assunto(s):Saúde pública   Cidades inteligentes   Big data   Visualização de dados

Resumo

As tecnologias de Cidades Inteligentes emergem como uma solução para enfrentar problemas comuns em grandes centros urbanos, usando os recursos da cidade de forma mais eficiente e proporcionando serviços de melhor qualidade para os cidadãos. Um dos objetivos do INCT da Internet do Futuro para Cidades Inteligentes, InterSCity (http://interscity.org), é investigar estratégias e desenvolver aplicações para visualização espacial de grandes quantidades de dados de grandes cidades como São Paulo, a partir de múltiplas fontes heterogêneas. Neste projeto de iniciação científica, iremos trabalhar em cima de dados públicos do Sistema Único de Saúde (SUS), fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP). A grande quantidade de dados heterogêneos sobre saúde nas grandes cidades torna necessário a criação de novas formas de visualização interativa e georreferenciada de dados para a área da saúde. Nesse sentido, há diversas oportunidades de colaborações inerentes ao desenvolvimento dessas soluções, em especial para que pesquisadores da área da Saúde e da Ciência da Computação possam contribuir com formas inovadoras para coleta, armazenamento, gestão, visualização e análise de grandes quantidades de dados de saúde de populações urbanas. Este projeto irá desenvolver uma aplicação piloto a ser utilizada pela SMS-SP e irá propor uma arquitetura de referência para tal tipo de sistema.