Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da toxicidade dos poluentes presentes no Rio Doce após rompimento da Barragem do Fundão (MG) através de diferentes biomarcadores em peixes

Processo: 16/15229-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Denis Moledo de Souza Abessa
Beneficiário:Flávia Yoshie Yamamoto
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB-CLP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Ecotoxicologia   Qualidade ambiental   Poluentes ambientais   Mineração   Barragens   Bacia hidrográfica   Rio Doce

Resumo

Durante várias décadas as atividades de mineração no Brasil, particularmente na Região do Quadrilátero Ferrífero, são responsáveis por causar impacto ambiental com a geração de resíduos de minérios que acabam sendo destinados aos corpos hídricos. Com o desastre ambiental do rompimento da Barragem do Fundão (MG) milhões de litros de rejeitos de minérios de ferro foram mobilizados à Bacia do Rio Doce, gerando um grande prejuízo socioeconômico e ambiental. Análises químicas na água já detectaram ao longo do percurso do rio elevadas concentrações de elementos como Fe, Al, Mn, e os de maior potencial tóxico como As, Cd e Pb após o acidente. Porém, ainda restam ser investigadas a presença e a distribuição destes poluentes, bem como a possível ocorrência de contaminantes orgânicos, em diferentes compartimentos ambientais, como o sedimento e os organismos expostos. Além disso, são necessárias outras análises que considerem os efeitos toxicológicos causados nos organismos expostos a curto, médio e longo prazo. Desta forma, os reais danos socioambientais causados devem ser avaliados adequadamente através de diversas abordagens que investiguem tanto os aspectos abióticos como os bióticos deste ecossistema. Este projeto tem como objetivo avaliar a qualidade ambiental após o acidente, por meio da detecção e quantificação dos poluentes (metais e compostos orgânicos) presentes nos compartimentos abióticos (água e sedimento) e bióticos (tecidos dos peixes), associados às diferentes respostas biológicas desencadeadas nos peixes nativos da Bacia do Rio Doce, modelos animais adequados para este estudo, em fase adulta para: i) avaliar a saúde geral dos peixes em diferentes locais e períodos de coleta; ii) verificar os principais mecanismos de defesa e de adaptação ativados nos peixes, após exposição aguda aos compostos tóxicos; iii) avaliar possíveis alterações nos processos reprodutivos dos peixes; e nas fases iniciais do desenvolvimento; iv) verificar a embriotoxicidade; e v) desenvolver um modelo matemático que permita prever os efeitos em níveis populacionais a longo prazo. Com estes resultados será possível avaliar de forma mais adequada os efeitos adversos causados na ictiofauna deste ambiente impactado para auxiliar nas tomadas de decisões das autoridades públicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GOMES, MONIKE FELIPE; SOARES DE PAULA, VINICIUS DE CARVALHO; ROCHA MARTINS, LUCIA REGINA; ESQUIVEL GARCIA, JUAN RAMON; YAMAMOTO, FLAVIA YOSHIE; DE FREITAS, ADRIANE MARTINS. Sublethal effects of triclosan and triclocarban at environmental concentrations in silver catfish (Rhamdia quelen) embryos. Chemosphere, v. 263, JAN 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.