Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um dispositivo analítico microfluídico para quantificação in loco de pesticidas após pulverização em plantas com greening

Processo: 18/14668-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Anderson Rodrigo Moraes de Oliveira
Beneficiário:Daniel Blascke Carrão
Supervisor no Exterior: Charles Henry
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Colorado State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/15680-5 - Estudos enantiosseletivos in vitro de metabolismo, inibição enzimática e toxicidade do praguicida fipronil, BP.DR
Assunto(s):Agrotóxicos

Resumo

O greening é uma doença das plantas cítricas causada por bactérias gram-negativas, que é transmitida por insetos vetores. O greening tem um severo impacto na produção mundial de citros. O prejuízo econômico causado por essa doença, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos da América, é extremamente significativo, com grandes perdas de receita. Não existem métodos curativos conhecidos para combater o greening. Seu controle é preventivo com a remoção das plantas cítricas infectadas, o que causa severos impactos econômicos. Estratégias alternativas ao combate do greening incluem programas de controle biológico e químico. Programas de controle químico são baseados no uso de pesticidas contra o inseto vetor. No entanto, os programas químicos empregados atualmente não são muito eficazes, pois os insetos desenvolveram resistência aos pesticidas comumente usados. Esta resistência é uma preocupação emergente para o controle do greening. Portanto, o desenvolvimento de um novo e mais efetivo programa de controle químico é necessário e urgente. Para isso, é importante entender o movimento dos insetos e por que os pesticidas têm pouco efeito em retardar a disseminação da doença. Desta forma, a avaliação da distribuição nas plantas dos pesticidas comumente utilizados é essencial. Existem várias técnicas analíticas empregadas para análise de pesticidas em amostras reais, porém quase nenhuma delas permite realizar a análise no local. Os dispositivos analíticos microfluídicos são uma nova tendência nas determinações analíticas. Suas vantagens incluem análise rápida, detecção no chip, baixa quantidade de amostra necessária, baixo custo e a possibilidade de realizar análises no local, o que proporciona resultados mais rápidos. O presente projeto visa desenvolver um novo dispositivo analítico microfluídico para a análise no local de pesticidas. O dispositivo microfluídico desenvolvido será utilizado para analisar amostras de campos de plantas cítricas da Flórida (EUA), o que permitirá uma melhor compreensão da distribuição de pesticidas em plantas e fornecerá um melhor controle sobre o manejo do greening.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.