Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da ação cicatrizante da ozonioterapia tópica em feridas cutâneas induzidas cirurgicamente em Ratos Wistar

Processo: 18/09463-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Sheila Canevese Rahal
Beneficiário:Bárbara di Martino Frezza
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Pele   Cicatrização

Resumo

A ozonioterapia é uma terapia oxidativa que gera um estresse oxidativo, e consequentemente efeito antioxidante e cicatrizante pelo organismo. Visto que estudos em ambientes controlados e mais específicos sobre ozonioterapia tópica são escassos na literatura, o presente trabalho tem por objetivo avaliar a ação cicatrizante da ozonioterapia tópica com óleo de girassol ozonizado e insuflação do gás ozônio em "bags", isolados ou associados, em feridas cutâneas induzidas cirurgicamente em ratos Wistar. Serão utilizados 120 ratos hígidos da espécie Rattus novergicus, Wistar, machos inteiros, com idade de 16 semanas, e massa corpórea entre 350 a 450 gramas. Os ratos serão alocados, aleatoriamente, em cinco grupos de 24 animais: Grupo 1 -- ratos com feridas submetidas ao tratamento com solução salina (0,9%); Grupo 2 - ratos com feridas submetidas ao tratamento com óleo de girassol; Grupo 3 - ratos com feridas submetidas ao tratamento com óleo de girassol ozonizado; Grupo 4 - ratos com feridas submetidas ao tratamento com insuflação do gás ozônio em "bags"; Grupo 5 - ratos com feridas submetidas ao tratamento com associação de óleo de girassol ozonizado e insuflação do gás ozônio em "bags". Doze ratos de cada grupo serão submetidos à eutanásia em dois momentos distintos: sétimo dia após início do tratamento e 14º dia após o início do tratamento, para avaliação eletrocardiográfica; avaliação tomográfica das feridas; avaliação hematológica; exame bioquímico sérico de função renal e hepática e urinálise; avaliação histológica das feridas, rim e fígado; avaliação da tensão do tecido cicatricial. A avaliação macroscópica será realizada diariamente. Para análise estatística será utilizada a análise de variância (ANOVA) para amostras repetidas, com contrastes pelo método de Tukey e teste de Kolmogorov-Smirnov. Dados que não obedeçam às características da normalidade, será usado teste de Friedman. Para comparação entre os quatro grupos do estudo, será utilizada análise de variância para amostras independentes (ANOVA One way) para dados normais, e teste de Kruskal-Wallis, para dados fora das condições da normalidade. Diferenças serão consideradas significativas com p  0,05.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.