Busca avançada
Ano de início
Entree

Simulação do desempenho de detetores de partículas

Processo: 18/12103-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Nuclear
Pesquisador responsável:Marcelo Gameiro Munhoz
Beneficiário:Raphael Wictky Sallatti
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/04583-8 - Física nuclear de altas energias no RHIC e LHC, AP.TEM
Assunto(s):Instrumentação (física)   Planejamento de experimentos   Acelerador de partículas   Simulação   Detetores   Colisão de partículas

Resumo

Os experimentos do acelerador de partículas Large Hadron Collider (LHC) do laboratório europeu CERN (Organisation Européenne pour la Recherches Nucléaires) estão sempre buscando aprimorar as medidas realizadas em seus equipamentos estimulados por novos conhecimentos adquiridos ao longo do tempo. Para o final desta década, estão previstos uma série de melhorias no experimento ALICE (A Large Ion Collider Experiment), a fim de aprofundar diversos estudos realizados pela colaboração. Uma das atualizações mais importantes corresponde à instalação no TPC (Time Projection Chamber) de câmaras do tipo GEM (Gas Electron Multiplier), que é necessária para permitir a medida de eventos nas altas taxas de colisões previstas para o LHC a partir de 2020. O objetivo deste projeto é desenvolver simulações dessas câmaras e detetores do tipo MPGD (Micropattern Gaseous Detectors) em geral, utilizando diferentes softwares de simulação como o Garfield++ ou o GEANT4, que são programas desenvolvidos por grupos do laboratório CERN com programação orientada a objetos.