Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificando fatores para customização de aplicativo para prática de atividade física: envelhecendo ativamente no Brasil e Holanda

Processo: 18/05649-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Paula Costa Castro
Beneficiário:Lua Bonadio Romano
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Geriatria   Atividade física   Idosos   Envelhecimento   Tecnologia assistiva   Aplicativos móveis   Experiência do usuário   Vulnerabilidade social   Brasil   Holanda

Resumo

Introdução: Apesar da prática de atividade física ser um dos fatores determinantes de um envelhecimento saudável, idosos tendem a se tornar habitualmente menos ativos. Desta forma, manter os níveis de atividade ao longo do curso de vida é um desafio motivacional. Ferramentas digitais vem sendo utilizadas para mudar este padrão, como aplicativos para apoio da atividade física, mas continua a haver pouca pesquisa em profundidade sobre as experiências dos usuários para construir um design baseado na diversidade de preferência do público alvo, principalmente quando este tem dificuldades no engajamento digital ou baixa escolaridade. Desta forma, este estudo de iniciação científica tentará explorar quais os elementos para customização de um aplicativo para a prática de atividade física para envelhecentes vulneráveis, bem como quais as estratégias de gamificação, interesses e problemas que impedem o uso dos aplicativos disponíveis no mercado. Objetivo: O presente estudo procura identificar elementos para customização de um aplicativo de design centrado no usuário, com base nas preferências e vivência de usuários maiores de 40 anos de uma região de alta vulnerabilidade social. Método: Este estudo qualitativo de grupo focal será conduzido por método de co-design de um aplicativo motivacional transcultural desenvolvido entre Brasil e Holanda para prática de atividades físicas em ambientes urbanos. Participarão dos grupos focais 24 voluntários divididos em 2 grupos, de ativos e insuficientemente ativos e 4 subgrupos caracterizados por engajamento digital. Após uma avaliação na linha de base e grupamento, os voluntários participarão de um workshop sobre mudança de comportamento para prática de atividades físicas no envelhecimento e suporte por aplicativo digital com experiência do aplicativo Pacer. Após, os voluntários participarão de uma sessão de co-design, propondo um novo aplicativo considerando mudanças no Pacer. As transcrições do grupo focal e as propostas de co-design serão analisadas por meio de análise temática e comparadas com as coletadas na Holanda, por meio de entrevistas do survey; e em Santos, por meio de entrevistas e grupo focal com usuários do Pacer; para contribuir com a escolha do conteúdo, funcionalidades e interface do aplicativo para atividades físicas em ambientes urbanos - PAUL - que será desenvolvido pelo grupo holandês. Resultados esperados: visamos não apenas contribuir com o desenvolvimento de uma versão acessível e transcultural de um aplicativo motivacional para a prática de atividade física em ambientes urbanos - PAUL - adaptado para o perfil de senescentes brasileiros vulneráveis, mas proporcionar ao universo da Engenharia Web uma série de considerações de design centrado no usuário para os usuários mais velhos. Esses resultados irão contribuir com a parceria internacional já firmada no projeto FAPESP Vida urbana ativa impulsionada por jogos digitais lúdicos. (nwo-sia 2016) Processo: 16/50249-3 bem como com a área por meio da divulgação em artigo em periódico e apresentação em congressos da área.