Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de investimentos agrícolas em propriedades rurais: utilização de opções reais na cultura de cana-de-açúcar

Processo: 18/12175-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Empresas
Pesquisador responsável:David Ferreira Lopes Santos
Beneficiário:Samara Marques Gomes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Administração financeira   Viabilidade econômica   Sustentabilidade   Investimentos   Produtores rurais   Segurança alimentar   Cana-de-açúcar   São Paulo

Resumo

O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar e exerce a liderança na produção de açúcar, etanol de cana e energia por meio de biomassa, contribuindo assim para a segurança alimentar do planeta. Os investimentos para formação do canavial requerem uma estratégia financeira mais robusta, pois trata-se de um cultivo que pode perdurar de seis a treze anos de colheita, depois da sua implantação. Em adição, há necessidade de rotacionar a cultura com grãos como forma de preservar o solo e aumentar a sustentabilidade da produção. A proposição dessa pesquisa visa modelar uma estrutura de análise de investimento através da Teoria das Opções Reais que agregue as possibilidades de diversificação e flexibilidade gerencial na sucessão/rotação de culturas no portfólio dos pequenos e médios produtores rurais da região da Alta Mogiana do estado de São Paulo, onde está alocada a maior parcela canavieira produtiva do país. A abordagem metodológica envolve modelos estendidos da proposta original de Cox, Ross e Rubinstein (1979), e é inovadora para o setor canavieiro cujos impactos econômicos, sociais e ambientais para os produtores e para o interior do estado de São Paulo são relevantes. Os materiais que suportam a pesquisa serão tomados de fontes primárias com produtores certificados pelo protocolo Bonsucro. Este grupo representará o perfil modal da região, conforme critérios de classificação da principal associação de produtores da região. Informações secundárias relativas as produtividades das culturas em rotação/sucessão serão coletadas em diferentes fontes oficiais e acadêmicas. Tem-se como expectativas de resultados para este estudo, produtos de natureza acadêmica como a publicação em periódico científico e de natureza prática por meio de informativos e seminários para produtores rurais da região.