Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuições ao estudo dos principais modelos de desdobramento da Teoria de Resposta ao Item com aplicações em psicologia

Processo: 18/13997-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Probabilidade e Estatística - Estatística
Pesquisador responsável:Caio Lucidius Naberezny Azevedo
Beneficiário:Marília Gabriela Rocha
Instituição-sede: Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Teoria de resposta ao item   Sistemas dinâmicos unidimensionais   Softwares   Psicologia

Resumo

O presente projeto tem por objetivo estudar os principais modelos de desdobramento unidimensionais e paramétricos da Teoria de Resposta ao Item (TRI), provendo uma apropriada revisão metodológica, discutindo aspectos como interpretação, aplicabilidade e estimação e implementando-os no ambiente computacional R, através dos métodos marginais-perfilados frequentistas/bayesianos. Pelo que nos consta, há poucos pacotes no programa R que permitem o ajuste de tais modelos (nem mesmo no excelente pacote mirt, há tais tipos de modelos implementados). Pretende-se considerar uma aplicação na área da psicologia, considerando a adequabilidade que os modelos de desdobramento têm em relação à instrumentos de medida relacionados a atitude, a aspectos comportamentais e etapas de desenvolvimento e re-análise da teoria de desenvolvimento moral de Kohlberg. O tema é de grande relevância devido ao fato de que, enquanto os modelos cumulativos tiveram grandes avanços em várias aplicações e se desenvolveram consideravelmente, os modelos de desdobramento não alcançaram tanto progresso em consequência, também, da pouca quantidade de programas computacionais para estimar seus parâmetros e discussões a respeito da interpretação dos seus parâmetros. Serão utilizados no Projeto os programas computacionais R e GGUM.