Busca avançada
Ano de início
Entree

Conflitos e relações de poder: o nexo água-energia-alimentos na produção do etanol no Estado de São Paulo

Processo: 17/17796-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Leandro Luiz Giatti
Beneficiário:Lira Luz Benites Lazaro
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50132-6 - Resiliência e vulnerabilidade quanto ao nexo urbano de alimentos, água, energia e ambiente (ResNexus), AP.TEM
Assunto(s):Políticas públicas   Ecologia política   Governança   Mudança climática

Resumo

No contexto das mudanças ambientais globais, a abordagem do nexo água-energia-alimentos está tornando-se cada vez mais importante nos debates internacionais sobre política e governança integrativa de recursos naturais. No entanto, o desafio de alcançar políticas coerentes e tomadas de decisão descentralizadas e integradas é particularmente complexo no contexto do nexo, que considera três setores com diferentes estruturas institucionais operando em diferentes escalas e atores, notadamente, para este estudo, a produção de energia (etanol) e suas interfaces com segurança hídrica e segurança alimentar. Assim, partindo do pressuposto de que há grupos de poder que impõem seus interesses políticos e econômicos, os processos decisórios em torno de cada um dos setores são de caráter eminentemente políticos e têm lugar em arenas de relações de poder desiguais, que obstaculiza uma governança integrativa e a tomada de decisão conjunta. Este projeto visa estudar à luz da ecologia política os conflitos e as relações de poder do nexo água-energia-alimentos relativos aos bicombustíveis no estado de São Paulo. Propõe-se identificar os diferentes discursos dominantes, posturas e narrativas construídas e desconstruídas nos três setores do nexo, e avaliar a respectiva importância para a sustentabilidade, a governança integrativa num enfoque do nexo. Será utilizada a abordagem de pesquisa mista (qualitativa - quantitativa) com o auxílio de softwares especializados em pesquisa documental e textual em grande banco de dados (data mining) e estatística usada em ciências sociais aplicadas (algoritmos de Machine Learning).

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.