Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de esteróides produzidos por fungos simbiontes isolados da célula de cria de abelhas sem ferrão

Processo: 18/03650-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Mônica Tallarico Pupo
Beneficiário:Gabriela Toninato de Paula
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/50954-0 - Novos agentes terapêuticos obtidos de bactérias simbiontes de invertebrados brasileiros, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Esteroides   Fungos   Simbiose   Produtos naturais   Micro-organismos

Resumo

Em um trabalho recente de nosso grupo de pesquisa foi descrita a presença de um fungo, pertencente ao gênero Zygosaccharomyces, no interior das células de cria de Scaptotrigona depilis, que fornece ergosterol para o desenvolvimento das larvas dessa abelha sem ferrão. Esse relato demonstra uma estreita relação simbiótica entre a abelha e o fungo. Interações simbióticas já foram relatadas em insetos sociais, tais como formigas cortadeiras, cupins, mas pouco se sabe sobre essa interação entre abelhas, evidenciando a importância de estudos envolvendo esses organismos. Além disso, tendo em vista o alarmante declínio da população mundial de abelhas, um maior conhecimento sobre esses polinizadores é de extrema importância. Portanto, este projeto tem como objetivo ampliar o estudo realizado anteriormente, utilizando diferentes espécies de abelha sem ferrão que ocorrem no território brasileiro e para as quais já foi evidenciada a presença de fungo na célula de cria. Serão isolados os fungos-alimento de diferentes espécies e a produção de esteroides por esses fungos será avaliada por GC-MS. O projeto irá ampliar o entendimento da simbiose entre fungos presentes na célula de cria e as abelhas sem ferrão, contribuindo para o planejamento de possíveis estratégias para a preservação desses importantes polinizadores.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver 
Una abeja brasileña depende de una compleja comunidad fúngica para sobrevivir 
Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (34 total):
Mais itensMenos itens
Blog Beatriz Achával (Argentina): Las larvas de una especie de abejas sin aguijón dependen de una comunidad fúngica compleja para sobrevivir (13/Jul/2020)
Mundo Agropecuario (Venezuela): Las especies de abejas sin aguijón dependen de una comunidad fúngica compleja para sobrevivir (24/Out/2019)
Phys.Org (Reino Unido): Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (23/Out/2019)
Technology Networks (Reino Unido): Fungal Symbiosis Vital for Bee Development Threatened by Pesticides (23/Out/2019)
SciTech Daily (EUA): Bizarre Species of Stingless Bees Depend on a Complex Fungal Community to Survive (23/Out/2019)
Science Bulletin: Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (23/Out/2019)
Alternative Learning: Bizarre Species of Stingless Bees Depend on a Complex Fungal Community to Survive (23/Out/2019)
Focus Technica: Bizarre Species of Stingless Bees Depend on a Complex Fungal Community to Survive (23/Out/2019)
TekCrispy (Nicarágua): Las larvas de abejas sin aguijón necesitan de tres hongos para alcanzar la adultez (23/Out/2019)
Tech Deeps: Bizarre Species of Stingless Bees Depend on a Complex Fungal Community to Survive (23/Out/2019)
The Bee Report: Bizarre Species of Stingless Bees Depend on a Complex Fungal Community to Survive (23/Out/2019)
WebsFavourites.Com (Nigéria): Bizarre Species of Stingless Bees Depend on a Complex Fungal Community to Survive (23/Out/2019)
Santech 360 (Índia): Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (23/Out/2019)
Bioengineer (Reino Unido): Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
Science Codex: Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
LabRoots (EUA): Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
Scienmag Science Magazine (Reino Unido): Stingless Bee Species Depend On A Complex Fungal Community To Survive (22/Out/2019)
Brightsurf: Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
Career Biotech: Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
Pharma Jobs: Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
Agenparl (Itália): Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
7thSpace: Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
Scienstack: Stingless bee species depend on a complex fungal community to survive (22/Out/2019)
A Lavoura online: Agroquímicos podem afetar relação simbiótica da abelha canudo (08/Out/2019)
Ciclo Vivo: Mais 57 agrotóxicos são liberados: 382 registros neste ano (04/Out/2019)
Espaço Ecológico no Ar: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (03/Out/2019)
Revista Ecológico online: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (03/Out/2019)
Sou Ecológico: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (03/Out/2019)
Confap - Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (02/Out/2019)
Ecoa: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (02/Out/2019)
Planet Earth Water Air Green Brazil: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (02/Out/2019)
AlcidesFaria: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (02/Out/2019)
Portal Gazeta de São Carlos: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (02/Out/2019)
W Rádio Brasil: Abelha canudo depende de complexa comunidade fúngica para sobreviver (02/Out/2019)