Busca avançada
Ano de início
Entree

Alfabetização de crianças com autismo: uma abordagem tecnológica gamificada

Processo: 18/09430-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Seiji Isotani
Beneficiário:Laiza Ribeiro Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/23353-0 - Uso da gamificação e DTT para melhoria do engajamento de crianças com autismo em nível de alfabetização, BE.EP.MS
Assunto(s):Transtorno autístico   Ludificação   Alfabetização

Resumo

O autismo é um transtorno de neurodesenvolvimento, classificado em três níveis distintos de gravidade (leve, moderado e severo). Pessoas com autismo possuem déficits como dificuldade na comunicação e interação social, além de padrões de comportamento restritos e repetitivos. É possível observar que várias competências acadêmicas podem ser prejudicadas por tais comportamentos. Nesta proposta, deu-se destaque a alfabetização como uma das competências comprometidas em pessoas com esse diagnóstico, visto o importante papel que a mesma possui na vida do aluno como um todo. No que diz respeito a psicologia, intervenções são utilizadas para auxiliar, em diferentes contextos, indivíduos com diagnóstico de autismo. O Discrete Trial Training (DTT) é uma estratégia de intervenção baseada na Análise do Comportamento Aplicada (ABA) e é cientificamente validada pelos resultados promissores quando aplicada para pessoas com diagnóstico de autismo. Do ponto de vista computacional, sabe-se que as crianças com autismo apresentam interesse e melhores resultados quando estão em contato com a tecnologia. Apesar deste benefício inerente da tecnologia, ainda é um desafio criar tecnologias educacionais adequadas com o propósito de auxiliar na alfabetização de crianças com autismo. Neste contexto, esta proposta de mestrado tem como objetivo desenvolver uma abordagem baseada na tecnologia, DTT e conceitos de gamificação. Fazendo a integração sistemática entre esses três elementos, espera-se que seja possível desenvolver um protótipo que tenha impacto positivo na motivação e na melhora da alfabetização.