Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise funcional do 10-hydroxi-2-decenóico-ácido (10HDA), inibidor de histona desacetilases e principal ácido orgânico da geléia real, na diferenciação das castas de Apis mellifera l

Processo: 18/11271-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Klaus Hartmann Hartfelder
Beneficiário:Giovana Craveiro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Histona desacetilases   Geleia real   Epigênese genética   Apis mellifica   Expressão gênica

Resumo

Abelhas melíferas são caracterizadas por uma organização social muito avançada, onde as castas rainha e operária desempenham funções específicas na colmeia. A rainha é responsável pela reprodução, enquanto as operárias são responsáveis pela realização de todas as tarefas de manutenção da colônia. Apesar das suas diferenças morfológicas e funcionais, rainhas e operárias não diferem geneticamente, mas representam um polifenismo em decorrência das dietas diferenciadas oferecidas à rainha e operárias durante os estágios larvais. A geleia real, alimento oferecido às larvas de rainha é rica em açúcares, aminoácidos, ácidos orgânicos e sais minerais. Moléculas presentes nesse alimento são capazes de regular o estado epigenético das larvas, alterando os níveis de metilação do DNA e modificando as histonas. Uma dessas moléculas, o ácido graxo 10-hydroxi-2-decenóico-ácido (10HDA), que está presente em alta quantidade na geleia real, tem sido identificado como inibidor de enzimas histona desacetilases em células de mamíferos. Histona desacetilases removem grupos acetila de resíduos lisina nas histonas, principalmente na histona 3, propiciando dessa forma, uma maior compactação da cromatina e consequentemente dificultando o acesso da maquinaria transcricional. Assim, inibidores de tais enzimas possam manter a cromatina em estado mais acessível a fatores de transcrição. Procuramos nesse projeto avaliar o papel do 10HDA sobre o estado de acetilação de histonas em larvas de operárias e como estas, consequentemente, podem resultar em alterações nos níveis transcricionais de genes candidatos já identificados como diferencialmente expressos no desenvolvimento das castas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.