Busca avançada
Ano de início
Entree

Crescimento, tolerância e potencial fitorremediador de Leucaena leucocephala em solos contaminados por cobre e ferro

Processo: 18/13008-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Liliane Santos de Camargos
Beneficiário:Nayane Cristina Pires Bomfim
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Fixação de nitrogênio

Resumo

As intensas atividades antropogênicas têm aumentado as concentrações de metais pesados no solo, através do uso excessivo de produtos químicos; descarte inadequado e acumulação de resíduos sólidos e líquidos, surgindo assim risco de poluição e contaminação do solo e corpos d'água. Espécies de árvores leguminosas apresentam características favoráveis para crescerem rapidamente em solos degradados bem como potencial para fitorremediação destes contaminantes. A fitorremediação é uma técnica que utiliza plantas na recuperação de solos contaminados por metais pesados. O desenvolvimento de tecnologias sustentáveis, efetivas e de baixo custo para recuperação de áreas contaminadas por metais pesados é de extrema necessidade. Este estudo objetiva caracterizar a resposta fisiológica, determinar a tolerância e o potencial fitorremediador de Leucaena leucocephala aos metais cobre e ferro. O experimento será conduzido em casa de vegetação, com delineamento inteiramente casualizado para ambos os metais (Cu e Fe). O solo será contaminado com cinco tratamentos, além do controle, e posteriormente será transferido para sacos de mudas com capacidade para 2 dm-3 de solo, sementes de Leucaena leucocephala, serão plantadas diretamente no solo contaminado e sua germinação e crescimento serão monitorados: os parâmetros fotossintéticos serão analisados e, após coleta do material, os tecidos serão separados, lavados, secos em papel toalha, e pesados; nódulos serão contados e pesados. Teores de clorofila e fenóis serão quantificados nas folhas. Será avaliado teores de aminoácidos, proteínas, ureídeos e prolina, nos tecidos, assim como a determinação de teores de nutrientes e potencial fitorremediador da espécie.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BOMFIM, Nayane Cristina Pires. Crescimento, tolerância e potencial fitorremediador de leucaena leucocephala em solo contaminado por cobre e ferro. 2020. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Engenharia (Campus de Ilha Solteira)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.