Busca avançada
Ano de início
Entree

Treino e aperfeiçoamento na execução das normas para revisão sistemática da Colaboração Cochrane sobre efetividade dos exercícios sobre a disfunção muscular do assoalho pélvico e incontinência urinária específica da gestação de gestantes hiperglicêmicas

Processo: 18/17534-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Angélica Mércia Pascon Barbosa
Beneficiário:Eusebio Mario Amador Enriquez
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/01743-5 - Coorte da tríade gestacional: hiperglicemia, incontinência urinária e perfil clínico, molecular e ômico da miopatia hiperglicêmica na predição de incontinência e disfunção muscular e pesquisa translacional com biodevice para regeneração muscular em ratas, AP.TEM
Assunto(s):Diabetes gestacional   Incontinência urinária   Assoalho pélvico   Distúrbios do assoalho pélvico   Revisão sistemática

Resumo

Introdução: O grupo de pesquisa "Diabetes e Gravidez - Clínico e Experimental" da Faculdade de Medicina de Botucatu-Unesp investiga desde 2006, a fisiopatologia de diabete gestacional (DMG) e da hiperglicemia gestacional leve (HGL), denominadas neste estudo por hiperglicemia gestacional (HGG) e suas relações com as disfunções musculares do assoalho pélvico (DMAP) e incontinência urinária (IU) em estudos clínicos e experimentais mais complexos. Os resultados experimentais analisados em parceria internacional levaram à tomada de decisão conjunta de que é impositivo que as pesquisas com intervenção sejam desenvolvidas considerando que o custo do atendimento à gestante diabética é elevado, que a literatura mostra que o custo do atendimento à mulher com IU também é alto, e que a associação das duas patologias eleve ainda mais o custo. A intervenção clínica com exercícios para tratar DMAP e IU em mulheres tem nível A de evidência científica, contudo existe lacuna do conhecimento acerca da inter- relação entre IU, Hiperglicemia (HG) e gestação em relação ao diagnóstico e tratamento, portanto este é problema a ser investigado com Revisão Sistemática a fim de identificar a evidência científica sobre a primeira linha de intervenção preventiva e/ou terapêutica para a DMAP e "IUEG" em gestantes HGs, e desta forma identificar as lacunas das áreas que precisam ser investigadas. Essa estratégia é importante para posterior tomada de decisão para a assistência. Para tanto será realizado um projeto de pós-doutorado para Determinar a melhor evidência científica, por meio da revisão sistemática, sobre efetividade dos exercícios sobre a DMAP e "IUEG" em gestantes HGs. Objetivos: Treinar e se aperfeiçoar na execução das normas para revisão sistemática da Colaboração Cochrane sobre efetividade dos exercícios sobre a disfunção muscular do assoalho pélvico e incontinência urinária específica da gestação de gestantes hiperglicêmicas. Metodologia: O presente treinamento técnico será realizado por graduado na especificidade da área por ser técnica que exige formação e conhecimento básico prévio. Ressalto que a presente proposta de Bolsa TT3 será realizada junto ao projeto de Pós-Doutorado integrante do Temático. Serão realizadas todas as etapas do processo junto ao pesquisador responsável pela Revisão Sistemática. O estudo de Revisão Sistemática seguirá as normas e será registrado na Colaboração Cochrane. Os estudos que serão incluídos na revisão sistemática preencherão os seguintes critérios: a) Tipos de estudos: ensaios clínicos controlados randomizados (ECRs); b) Tipos de participantes (P): mulheres com DMG e IU. c) Tipos de intervenção (I) e controle (C): serão incluídos estudos cuja intervenção for os exercícios para o tratamento de IU. O grupo controle será de mulheres que não realizaram os exercícios para o tratamento da IU; d) Tipos de medidas de resultado (O): Desfechos primários: IU; Desfechos secundários: desempenho muscular dos MAPs e abdominais, e efeitos adversos. Serão realizadas três estratégias de busca gerais e adaptáveis às bases de dados eletrônicas na área da saúde Embase, Pubmed, Lilacs e Biblioteca Cochrane (Registro de Ensaios Plano de Atividades Bolsista Controlados da Colaboração Cochrane - CENTRAL),- p Tarrae iindaemnteifnictoar T eésctundicoos 3envolvendo as intervenções citadas acima. Não haverá restrição do idioma. As etapas seguintes não estão contempladas no treino e apaerfeiçoamento desta solciitação de bolsa TT3 por se tratar de etapas com revisores externos e avaliações dependentes que demanda tempo acima do previsto apra bolsa. Análise: O desempenho bolsista será avaliado pela contribuição do mesmo no cumprimento dos objetivos do projeto, na capacitada de executar as técnicas propostas com independência e eficiência e no do impacto das atividades de treinamento técnico na formação do bolsista descrita no relatório científico do bolsista.