Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos mecanismos envolvidos na esclerose hipocampal associada à epilepsia do lobo temporal mesial

Processo: 18/17899-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Andre Schwambach Vieira
Beneficiário:Paula Scholze Borges Curral
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/22447-5 - Investigação dos mecanismos envolvidos na esclerose hipocampal associada à epilepsia do lobo temporal mesial, AP.R
Assunto(s):Neurofisiologia   Análise de sequência de RNA   Epilepsia   Epilepsia do lobo temporal   Estimulação elétrica   Modelos animais de doenças

Resumo

A Epilepsia do Lobo Temporal (ELT) constitui a forma mais comum de epilepsia focal em adultos, sendo a Epilepsia do Lobo Temporal Mesial (ELTM) o subtipo mais frequente. O achado de neuroimagem mais frequentemente encontrado em pacientes com ELMT é a esclerose Mesial Temporal, cujo principal componente é a atrofia hipocampal. O modelo de estimulação elétrica da via perfurante por um período de 8 horas, realizado em animais despertos, é capaz de induzir um padrão de lesão hipocampal com aspectos morfológicos muito semelhantes à esclerose hipocampal humana. Neste modelo, para que os animais sobrevivam a este longo período de estimulação, se faz necessário realizar uma seção de pré-condicionamento por estimulação elétrica da via perfurante com duração de 30 minutos por dois dias consecutivos. As seções de pré-condicionamento provavelmente resultam no aumento da inibição, ou redução da excitação, no sistema hipocampal, sendo possível que uma forte indução de atividade excitatória nesta região concomitante a uma alta atividade inibitória, seja um fator essencial na extensa degeneração neural observada neste modelo. Entretanto os mecanismos moleculares, ou mesmo quais componentes do sistema inibitório ou excitatório são alterados após o pré-condicionamento não são conhecidos. Desta forma, o objetivo do presente projeto é explorar os processos biológicos, e os respectivos componentes moleculares, envolvidos no fenômeno do pré-condicionamento por estimulação elétrica do hipocampo utilizando-se abordagem de análise de transcriptoma de diferentes sub-regiões desta estrutura. Estas análises permitirão inferir a inter-relação entre os mecanismos moleculares a serem explorados no presente projeto e a mudanças funcionais no hipocampo que o predisporiam à esclerose hipocampal. Alcançar tais objetivos poderia apontar novos componentes e mecanismos relevantes à fisiopatologia da ELTM humana.