Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da tosquia na infestação por parasitas, no desempenho e saúde de animais da raça holandês

Processo: 18/18092-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Cecília José Veríssimo
Beneficiário:Bianca Tainá Azevedo
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/19938-7 - Impacto da tosquia na infestação por parasitas, no desempenho e saúde de animais da raça Holandesa, AP.R
Assunto(s):Carrapatos   Bovinos   Tosquia

Resumo

Entre os parasitas que mais causam prejuízos aos bovinos está o carrapato-do-boi, Rhipicephalus (Boophilus) microplus. Este parasita é o principal transmissor da tristeza parasitária bovina (TPB), que ocasiona mortes em rebanhos leiteiros. A raça Holandês é uma das mais utilizadas na pecuária leiteira em cruzamento com bovinos zebuínos e também uma das mais suscetíveis a este parasita. A hipótese geral é que a tosquia diminui a infestação de carrapato em bovinos da raça Holandês, reduzindo a necessidade de aplicações de carrapaticida no rebanho. A avaliação dos efeitos dos tratamentos será por meio da infestação de parasitas (carrapato, mosca-do-chifre, berne, Anaplasma e Babesia), no desempenho e na saúde geral dos animais. Serão utilizados 50 vacas e 60 bezerros/novilhas distribuídos em lotes, conforme o piquete em uso, seguindo delineamento experimental split plot com blocos pareados. Os animais de cada lote serão avaliados previamente quanto à porcentagem de malha negra no pelame, comprimento do pelo e infestação por carrapatos e os animais com características similares, dentro de cada lote, serão distribuídos em blocos pareados recebendo por sorteio os tratamentos: tosquiado (todo o corpo) e não tosquiado. Os blocos pareados serão distribuídos para os tratamentos de controle de carrapatos: controle seletivo (quando a infestação de carrapatos em um dos lados ultrapassar 24 carrapatos) e controle mensal, como é feito na propriedade. Pretende-se iniciar o trabalho na primavera, e a tosquia será feita a cada 60 dias, englobando o período onde as temperaturas e umidades ambientes são as mais altas no ano. Pretende-se verificar se haverá benefício da tosquia no desempenho, saúde e infestação por parasitas em animais altamente suscetíveis, o que poderá incluir esta prática como forma alternativa de controle de parasitas.