Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de solventes líquidos na remoção de ácidos graxos e aldeídos de óleos vegetais: Simulação Monte Carlo do comportamento de antioxidantes e acilgliceróis parciais

Processo: 18/10556-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Pesquisador responsável:Pedro de Alcântara Pessôa Filho
Beneficiário:Perci Odilon Bonetti Homrich
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/21252-0 - Equilíbrio e processos de produção de biocombustíveis e bioprodutos, AP.TEM
Assunto(s):Extração líquido-líquido   Método de Monte Carlo   Antioxidantes   Desodorização   Óleos vegetais   Termodinâmica

Resumo

Visando mitigar os problemas causados por condições críticas de operação de processos industriais, a busca por métodos alternativos se faz necessária. A literatura apresenta a extração líquido-líquido como uma alternativa branda à remoção de ácidos graxos livres e aldeídos de óleos vegetais, os quais são extraídos a altas temperaturas e baixas pressões. Dentre os efeitos colaterais do atual processo, tem-se: a formação do contaminante 3-MCPD (3-monocloropropano-1,2-diol) pela reação de traços de compostos clorados com acilgliceróis parciais e de gordura trans, a volatilização parcial de tocoferóis e a degradação térmica de triacilgliceróis; os quais são evitados pelas condições ambientes da extração com solvente. Para otimizar o processo de extração e garantir sua segurança, a escolha do solvente é crucial. Além de dados de equilíbrio envolvendo os óleos e os solventes, é necessário investigar a sinergia existente entre os compostos supracitados e os minoritários, como os antioxidantes. O estudo desses sistemas por meio de ferramentas computacionais, como os métodos de simulação de Monte Carlo, torna-se uma alternativa atrativa para estudar o comportamento microscópico dessas misturas, permitindo uma análise do comportamento de compostos minoritários, como antioxidantes (tocoferóis, tocotrienóis e gama-orizanol) e acilgliceróis parciais, frente ao óleo vegetal e ao solvente. Esse estudo é preconizado neste projeto.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.