Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação anatômica qualitativa entre fêmures caninos macerados e fêmures produzidos por prototipagem rápida

Processo: 18/11461-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Luis Gustavo Gosuen Gonçalves Dias
Beneficiário:Jaqueline Adriane Fernandes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Ortopedia   Cirurgia veterinária   Fêmur de animal   Impressão tridimensional   Prototipagem rápida   Variação anatômica   Tomografia computadorizada   Inquéritos e questionários

Resumo

O objetivo do presente trabalho é avaliar se fêmures caninos produzidos por manufatura aditiva podem ser usados como recurso didático para compreensão da anatomia e cirurgia óssea veterinária, substituindo fêmures cadavéricos. Além disso, buscasse mensurar o impacto e a aceitação desses ossos sintéticos no ensino e na rotina clínico-cirúrgica da anatomia óssea veterinária por meio de pesquisa quanti-qualitativa com alunos, médicos veterinários e tutores de pacientes caninos. Dois fêmures (direito e esquerdo) foram obtidos por meio da maceração de cadáver canino. Após realização de tomografia computadorizada, com o auxílio de programa computacional específico, foi possível reconstruir na tela do computador os ossos tridimensionalmente. Posteriormente o arquivo foi convertido para formato compatível com a impressora 3D por deposição de material fundido. Para impressão foram usados dois tipos de filamentos sintéticos (ABS e PLA) incolores. Três questionários com conteúdo diferente e com questões fechadas de "SIM" ou "NÃO" foram elaborados para executar a comparação entre os ossos naturais e sintéticos. O Questionário 1 será destinado a 400 alunos de todos os anos da graduação (5 anos) em medicina veterinária, sendo 200 matriculados no Curso de medicina veterinária da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista, UNESP, Câmpus de Jaboticabal e 200 na Universidade de Franca, UNIFRAN, Franca - SP. O Questionário 2 será apresentado a 50 pós-graduandos (residentes, mestrandos e doutorandos) e docentes de ambas as Universidades. Já o Questionário 3 será direcionado a 50 tutores de cães que estiverem sendo atendidos e tratados por qualquer afecção ortopédica/neurológica nas duas Universidades. As amostras serão distribuídas em três grandes grupos. Grupo dos Alunos (GA referente ao Questionário 1), Grupo dos Pós-Graduandos e Docentes (GP referente ao Questionário 2) e Grupo dos Tutores (GT referente ao Questionário 3). O GA e o GP ainda terão subgrupos específicos. Para GA serão feitos subgrupos de acordo com o ano da graduação, (5 anos) (Subgrupos GA1, GA2, GA3, GA4, GA5 respectivamente). Para o Grupo de Pós-Graduandos e Docentes os subgrupos serão referentes ao nível acadêmico dos participantes, ou seja, um subgrupo para residentes (GPR), outro para mestrandos (GPM), um para doutorandos (GPDT) e o quarto será para os docentes (GPDO). As análises estatísticas serão feitas a partir de variáveis nominais (frequência), testes de proporções e testes de associações em tabelas de contingência (chi-quadrado). Um valor de p<0,005 será considerado significativo.