Busca avançada
Ano de início
Entree

Resistência de união da dentina afetada após remoção seletiva da lesão de cárie com laser de Er:YAG e biomodificação com nanopartículas de quitosana fosforilada (NanoQF)

Processo: 18/12784-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Fabiana Almeida Curylofo Zotti
Beneficiário:Gustavo Augusto Corsi de Oliveira
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Clínicas odontológicas   Dentística restauradora   Cárie dentária   Resistência de união (odontologia)   Nanopartículas   Quitosana   Técnicas in vitro   Microscopia confocal
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cárie Dentária | Laser de Er:YAG | Microcisalhamento | Nanopartículas | quitosana fosforilada | Dentística

Resumo

A preservação da dentina afetada durante a remoção da lesão de cárie é uma realidade, no entanto, a qualidade e longevidade das restaurações adesivas realizadas neste substrato ainda são importantes desafios para a Odontologia Restauradora. Este estudo tem como objetivo avaliar in vitro o efeito da remoção seletiva da lesão de cárie com laser de Er:YAG e a biomodificação da dentina com um composto experimental de quitosana fosforilada em nanopartículas (NanoQF) na resistência de união ao microcisalhamento após 24h e 6 meses de degradação hidrolítica. A amostra será composta por 92 terceiros molares humanos hígidos. Espécimes de dentina serão submetidos à indução de lesão de cárie pelo método microbiológico. Será realizada a remoção seletiva da lesão de cárie por meio do laser Er:YAG (250mJ/4Hz) ou broca em baixa-rotação (método convencional). Os dentes serão divididos de acordo com a biomodificação da dentina: sem biomodificação (controle) ou NanoQF por 1 min. Os espécimes receberão sistema adesivo Single Bond Universal (3M) e uma matriz de teflon contendo cilindros (diâmetro de 0,8 mm) será adaptada sobre a superfície de dentina. Incrementos de resina composta Filtek Z250 (3M) serão incluídos com auxílio de sonda periodontal. Os espécimes serão submetidos envelhecimento hidrolítico por 24h ou 6 meses. Após, serão submetidos à análise de resistência de união ao microcisalhamento (n=10) e análise da interface adesiva por meio de microscopia confocal de varredura a laser (n=3). A seleção dos testes estatísticos será baseada nas características dos conjuntos de dados de cada variável. As inferências estatísticas serão feitas considerando-se o nível de significância de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)