Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem do processamento auditivo em escolares: validação de um programa online

Processo: 18/17838-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Isabel Ramos Do Amaral
Beneficiário:Vinícius Zuffo de Barros
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/23718-2 - Triagem do processamento auditivo em escolares: validação de um programa online, AP.R
Assunto(s):Processamento auditivo   Audiologia   Audição   Crianças em idade escolar

Resumo

Introdução: identificar precocemente crianças com risco para o Transtorno do Processamento Auditivo (TPA) tem sido um desafio na Audiologia. Procedimentos de triagem auditiva que avaliem as habilidades auditivas centrais podem contribuir para a minimização de prejuízos da criança no contexto acadêmico e social. Objetivo: analisar o desempenho de crianças com e sem dificuldades escolares em um programa online desenvolvido para triagem das habilidades auditivas, bem como comparar os resultados com a avaliação comportamental diagnóstica para que sejam estabelecidos dados normativos quanto ao desempenho por faixa etária, sensibilidade e especificidade de cada tarefa. Método: será utilizado um Módulo de triagem do processamento auditivo elaborado pelas criadoras do Portal "Afinando o Cérebro".e ainda não disponibilizado para uso. O Módulo inclui um questionário de auto-avaliação, baseado no questionário já existente "Scale of Auditory Behaviors- SAB"e atividades interativas referentes a avaliação das habilidades auditivas de localização sonora, fechamento e figura-fundo auditiva, escuta dicótica, resolução e ordenação temporal . Inicialmente, será realizado um estudo piloto com 15 crianças (5 a 12 anos), com o intuito de verificar a necessidade de ajustes na ferramenta, estabelecer o protocolo de pesquisa e contribuir com dados para o cálculo amostral. Após o piloto, o projeto será realizado em 2 etapas: etapa 1 consistirá na realização da triagem auditiva em uma escola da Rede Pública em todas crianças cujos pais consentirem a participação. Essa etapa será composta pela meatoscopia, imitanciometria a fim de descartar possíveis alterações auditivas periféricas, questionário de auto-avaliação aplicado à criança, aplicação do módulo online de triagem das habilidades auditivas e questionário respondido pelo professor responsável a respeito do desempenho acadêmico de cada criança. A etapa 2 consistirá no encaminhamento das crianças ao Laboratório de Audiologia do CEPRE/FCM/Unicamp para realização da avaliação audiológica básica e comportamental do processamento auditivo. Para análise dos dados, as crianças serão dividas em dois grupos com base no questionário do professor e dados obtidos com os pais: Grupo 1 (G1): crianças que apresentarem queixas auditivas e/ou baixo desempenho acadêmico e Grupo 2 (G2): crianças sem queixas auditivas ou antecedentes otológicos e com bom desempenho acadêmico. Os resultados serão analisados estatisticamente e espera-se a validação do programa triagem das habilidades auditivas a ser utilizado no ambiente escolar, fim de identificar precocemente indivíduos com risco para o TPA.