Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da taxa de incidência de casos de pré-eclâmpsia e aplicação do modelo fullpiers para análise de risco em um serviço de referência

Processo: 18/10796-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Maria Laura Costa Do Nascimento
Beneficiário:Christopher Cralcev
Instituição-sede: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertensão   Pré-eclâmpsia   Incidência   Serviço de referência   Estudos de coortes

Resumo

As síndromes hipertensivas configuram, segundo a Organização Mundial da Saúde, uma das principais causas de mortalidade materna no mundo, dentre as quais a pré-eclâmpsia é uma das principais etiologias. A pré-eclâmpsia é uma doença multifatorial que cursa com um distúrbio no balanço pró-angiogênico e anti-angiogênico durante a fase de invasão trofoblástica, manifestando-se a partir da vigésima semana de gestação em pacientes previamente normotensas. Na tentativa de melhor compreensão e avanço no manejo da pré-eclâmpsia, diversos estudos foram conduzidos e ainda há muito pesquisa em andamento. O modelo fullpiers realiza uma avaliação inicial da paciente com pré-eclâmpsia de modo a calcular o risco, em porcentagem, de uma evolução fatal do quadro ou complicação grave em um período de 7 dias. A utilização desse modelo poderia auxiliar o manejo e favorecer condutas mais seguras para a gestante, evitando casos de prematuridade. Objetivo: Compreender melhor a dinâmica de atendimento de gestantes que apresentam pré-eclâmpsia e que tiveram seu parto em um serviço de referência, bem como simular o uso da calculadora de risco fullpiers nas mesmas de modo a estabelecer uma relação entre o valor calculado teórico e o desfecho em cada caso. Materiais e Métodos: Estudo de coorte retrospectivo com gestantes acompanhadas no período de fevereiro de 2017 a fevereiro de 2018. Para análise de variáveis associadas a complicações ou efeitos deletérios serão utilizados os testes t Student, Mann-Whitney, qui-quadrado e exato de Fisher. Para avaliar o desempenho da calculadora fullpires será construída uma curva ROC. Serão considerados os valores de p < 0,05 como significativos.