Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel do Gas6, ligante de receptores do tipo TAM, na patogênese da infecção pelo Zika Vírus em humanos

Processo: 18/13866-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:João Luiz da Silva Filho
Beneficiário:Letícia Cristina Scarapicchia Monteiro
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Vírus Zika

Resumo

O Vírus Zika (ZIKV) é um arbovírus do gênero Flavivírus, transmitido através da picada do mosquito Aedes aegypti, que recentemente se tornou um problema de saúde pública. Apenas nas Américas foram relatados cerca de 200.000 casos desde 2014, 60% desses apenas no Brasil. Apesar da infecção ser geralmente assintomática, dados recentes mostram a ligação entre a infecção pelo ZIKV e o desenvolvimento de síndromes neurológicas como a Síndrome de Guillain-Barré, encefalite e meningite em adultos e malformações congênitas, como a microcefalia, em recém-nascidos. Nesse sentido, embora não esteja claro todos os mecanismos envolvidos de infecção e como o ZIKV é capaz de atravessar as barreiras formadas por células endoteliais (ECs), já foi demonstrado que os receptores da família TAM, especialmente o Axl, atuam como um facilitador para a entrada do vírus quando ele se associa a proteína GAS6 (growth arrest-specific 6), ligante endógeno do Axl. Tendo isso em vista, este projeto busca verificar o papel do GAS6 na patogênese da infecção pelo ZIKV, por meio da avaliação da expressão de Gas6 e receptores TAM em paciente infectados pelo vírus com diferentes graus de severidade da doença e infecção in vitro de diferente células humanas. Esse estudo proverá um melhor entendimento da relação do eixo GAS6/receptores TAMl com a patogenicidade do ZIKV, o que pode ter desdobramentos terapêuticos importantes.