Busca avançada
Ano de início
Entree

O magistério e o "problema do método didático universal": um estudo sobre a pedagogia e utopia de Rafael Grisi (1952)

Processo: 18/14846-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Vivian Batista da Silva
Beneficiário:Caroline Silva Narciso
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pedagogia   Formação de professores   Ensino

Resumo

O projeto aqui apresentado pretende colaborar com os estudos relativos à produção e circulação de saberes pedagógicos (ver, por exemplo, os trabalhos de CATANI, 1994 e SILVA, 2001, 2018). Ele dá continuidade à pesquisa de Iniciação Científica sobre O magistério na sala de aula: um estudo sobre a Didática Mínima, de Rafael Grisi (1954-1988), que contou com Bolsa Institucional CNPq/FEUSP (Edital 2017/2018). Com término previsto para julho de 2018, essa pesquisa analisou o conteúdo do livro intitulado Didática Mínima, escrito por Rafael Grisi e publicado entre 1952 e 1988, primeiramente pela Editora Brasil e posteriormente pela Companhia Editora Nacional. Na ocasião dessa primeira investigação, o intuito foi investigar que tipo de orientações os professores receberam para o trabalho em sala de aula, já que a Didática Mínima (GRISI, 1988) foi escrita para ser "manuseada com proveito pelos estudantes de Didática das Escolas Normais e Faculdades de Filosofia", contando com uma "orientação 'prática' para suas futuras atividades docentes" (GRISI, 1988, p.XIV). Agora, o intuito é analisar a Pedagogia e utopia, obra também escrita por Rafael Grisi no mesmo período em que a Didática Mínima foi publicada, no início da década de 1950 e correspondeu à tese apresentada ao concurso para provimento de Cadeira de História e Filosofia da Educação, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo. Em ambos os textos, Grisi (1952, 1988) atentou para um "método didático universal", expressão que ele mesmo utilizou em sua Pedagogia e utopia (GRISI, 1952).