Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de redes complexas na previsão de convulsões e na localização da zona epileptogênica de pacientes epilépticos

Processo: 18/02014-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Andriana Susana Lopes de Oliveira Campanharo
Beneficiário:Gustavo Henrique Tomanik
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/07469-0 - Detecção automática da zona epileptogênica a partir de sinais de EEG com o uso de redes complexas, BE.EP.MS
Assunto(s):Redes complexas

Resumo

A epilepsia é definida como uma desordem do cérebro caracterizada por uma pré-disposição à geração de convulsões. Tais convulsõess são fracamente controladas em mais de 30% dos pacientes epilépticos, sendo necessárias intervenções médicas. Na maioria dos casos, a alternativa é o procedimento de remoção da zona epileptogênica do paciente doente, ou seja, da região neuronal responsável por gerar as crises epilépticas. Por se tratar de um método invasivo e agressivo, a previsão de convulsões e a detecção do foco epileptogênico por meio de técnicas não-invasivas têm sido propostas no meio científico. Como na maioria dos casos os resultados permanecem não convergentes e/ou inconclusivos, faz-se necessário a proposição de novos métodos de tratamento dessa desordem. As atividades neuronais extra e intracraniana de indivíduos sadios e doentes podem ser obtidas por meio da técnica de EletroEncefalografia. Essa técnica consiste no registro gráfico das correntes elétricas desenvolvidas no encéfalo, obtido através de eletrodos aplicados no couro cabeludo. Recentemente, Campanharo et al. propuseram um mapeamento que permite o estudo da dinâmica de uma dada série temporal por meio de um conjunto extenso de propriedades topológicas da rede associada. No presente projeto de pesquisa, deseja-se propor uma técnica não-invasiva de análise de dados de EEG, com base em tal mapeamento, para a previsão de convulsões e na detecção da zona epileptogênica de pacientes epilépticos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TOMANIK, Gustavo Henrique. Uso de redes complexas na detecção de crises epilépticas e na localização da zona epileptogênica em pacientes com epilepsia. 2020. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.