Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação dos principais metabólitos mono-hidroxilados dos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos em urina empregando micro-amostragem volumétrica absorptiva e quantificação por LC-MS/MS

Processo: 18/11150-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Fernando Barbosa Júnior
Beneficiário:João Carlos Jacinto da Cunha de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Urina   Hidrocarbonetos aromáticos policíclicos   Monitoramento biológico

Resumo

Os Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPAs) são poluentes orgânicos persistentes, formados na combustão incompleta de matéria orgânica sendo onipresentes no solo, água e ar. Estes compostos são conhecidos por promover a formação de moléculas carcinogênicas em organismos vivos, além de serem potenciais desreguladores endócrinos. O biomonitoramento humano (BH) consiste na medida periódica de determinada substância química ou seu metabólito no sangue ou urina de uma população com objetivo de avaliar a exposição e os riscos à saúde. Tal método tem se tornado comum em países desenvolvidos, porém ainda é uma prática pouco utilizada no Brasil. No entanto, devido à dificuldade de coleta, armazenamento e transporte das amostras, principalmente em regiões sem infraestrutura e de difícil acesso, técnicas alternativas de coleta baseadas em micro-amostragem vêm sendo propostas. Um promissor método de coleta foi recentemente proposto, a micro-amostragem volumétrica absorptiva, do inglês "Volumetric Absorptive Microsampling" (VAMS). Este método oferece uma série de vantagens sobre os procedimentos de coleta convencionais, principalmente por reduzir consideravelmente o volume de amostra coletada. Entretanto, pouco se sabe sobre a estabilidade dos analitos após deposição da amostra biológica neste dispositivo, bem como de possíveis contaminações da amostra pelo substrato sólido. Diante do exposto, o presente projeto visa desenvolver e validar um método para determinação dos principais metabólitos mono-hidroxilados de HPAs em amostras de urina, utilizando a técnica VAMS como método de coleta, seguido por quantificação empregando cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas in tandem, a fim de possibilitar sua futura aplicação em programas de BH no Brasil.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.