Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de associação genômica ampla para identificação de locus de interesse agronômico em feijão comum

Processo: 18/15526-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 14 de janeiro de 2019
Vigência (Término): 13 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Convênio/Acordo: Rede de Universidades Italianas
Pesquisador responsável:Luciana Lasry Benchimol-Reis
Beneficiário:Caléo Panhoca de Almeida
Supervisor no Exterior: Roberto Papa
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas, SP, Brasil
Local de pesquisa : Università Politecnica delle Marche (UNIVPM), Itália  
Vinculado à bolsa:17/01753-3 - Seleção assistida por marcadores moleculares e genotipagem por sequenciamento (GBS) visando à resistência à mancha angular em feijão comum, BP.MS
Assunto(s):Polimorfismo de um único nucleotídeo

Resumo

O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) é a principal fonte de proteína vegetal na dieta humana e devido as suas características nutricionais trata-se de uma leguminosa de grande importância mundial. Com o avanço da tecnologia e a queda do custo de sequenciamento de nova geração (NGS), a obtenção de dados genotípicos, tais como SNPs vem se tornando cada dia mais acessível. O grande "gargalo" atual é a exploração da grande quantidade de dados obtidos, de modo que possa ser aproveitado ao máximo o investimento para a genotipagem. Estudos de associação ampla do genoma (GWAS) viabilizam a identificação de locos que influenciam a expressão principalmente de características quantitativas. Neste contexto, o atual projeto tem por objetivo a identificação de QTLs/genes associados ao controle da coloração associada ao brilho do grão, ciclo de floração, maturação e conteúdo proteico. Para isso será utilizado um conjunto de 5.679 SNPs genotipados via GBS em população composta por 91 linhagens obtidas por retrocruzamento e 6.000 SNPs genotipados via BeadChip em um painel de diversidade (core collection) composto por 288 acessos do BAG do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), totalizando um conjunto de 379 acessos brasileiros com 11.679 SNPs. O trabalho também possibilitará a integração dos dados genotípicos dos acessos brasileiros ao conjunto de acessos do projeto BEAN_ADAPT, contribuindo significativamente na compreensão da evolução, diversidade genética e estruturação populacional, possibilitando a aplicação dos resultados em futuros programas de melhoramento do feijão comum no mundo.