Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de um polimorfismo de nucleotídeo único no microRNA-146a e suscetibilidade a epilepsia

Processo: 18/12057-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Manoela Marques Ortega
Beneficiário:Bruno Camporeze
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Assunto(s):Epilepsia   Polimorfismo genético   Suscetibilidade   MicroRNAs   Nucleotídeos   Tratamento farmacológico   Prognóstico   Registros médicos

Resumo

Epilepsia é o quarto distúrbio neurológico mais comum do mundo, afetando cerca de 1-2% da população mundial, englobando cerca de 50 milhões de pessoas. Evidencia-se uma lacuna de conhecimento na literatura sobre a avaliação da suscetibilidade do desenvolvimento epiléptico e a caracterização de alterações genéticas no tecido epiléptico. Embora alguns estudos descreveram o miRNA146a envolvido na epileptogênese através da regulação da inflamação, não há estudos na população brasileira sobre a relação entre o polimorfismo de nucleotídeo único (SNP) no gene MIR146a n.60G>C (rs2910464) e o risco de epilepsia. Objetivos: Avaliar o SNP MIR146a n.60G>C como fator de risco e prognóstico em pacientes afetados por epilepsia clinicamente refratária. Métodos: Serão selecionados retrospectivamente pacientes epilépticos com refratariedade ao tratamento clínico farmacológico submetidos a abordagem cirúrgica de amigdalohipocampectomia seletiva. A coleta de dados clínicos se procederá mediante o registro em prontuário médico. O estudo será realizado em amostras de DNA extraídas a partir de tecido epiléptogênico de pacientes com epilepsia refratária e em amostras de DNA extraídas a partir de leucócitos do sangue periférico de doadores de sangue saudáveis. Será realizado a extração de DNA seguidamente da reação em cadeia de polimerase em tempo real (RT-PCR) para identificação dos genótipos do polimorfismo n.60G>C no MIR146a. Também, será avaliado pela qPCR, a expressão de MIR146a nos diferentes genótipos do SNP identificados, além da expressão de genes pertencentes a via de sinalização pro-inflamatória NF-kB, como IRAK-1, IRAK-2 e TRAF-6. Será adotado nível de significância pd 0,05 na análise dos resultados.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOSCHIERO, MATHEUS NEGRI; CAMPOREZE, BRUNO; DOS SANTOS, JESSICA SILVA; DA COSTA, LEANDRO BORSARI; BONAFE, GABRIEL ALVES; QUEIROZ, LUCIANO DE SOUZA; VAN ROOST, DIRK; LIMA MARSON, FERNANDO AUGUSTO; PIRES DE AGUIAR, PAULO HENRIQUE; ORTEGA, MANOELA MARQUES. The single nucleotide variant n.60G > C in the microRNA-146a associated with susceptibility to drug-resistant epilepsy. Epilepsy Research, v. 162, MAY 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.